Campeonato Espanhol

Atlético marca no fim e arranca empate com Real em clássico

Os dois rivais da capital espanhola estão na briga pelo título nacional.
Gazeta Esportiva08/04/2017 às 17h43

MADRID (ESPANHA) - Em grande partida realizada neste sábado, o Real Madrid recebeu o Atlético de Madrid, no Santiago Bernabéu, em dérbi madrilenho válido pela 31ª rodada do Campeonato Espanhol, e deixou o campo decepcionado. Após sair na frente, os Merengues viram os Colchoneros arrancarem um empate nos minutos e finais e decretarem o placar de 1 a 1 no clássico.

O gol que deu a vantagem ao Real Madrid aconteceu aos seis minutos da primeira etapa, em cabeçada do luso-brasileiro Pepe. No entanto, aos 39, o francês Griezmann acertou um chute no canto e deu números finais ao jogo. O empate ainda manteve um tabu a favor do Atlético de Madrid, que não perde no Santiago Bernabéu para seu rival há quatro partidas.

O resultado pode ser perigoso para as pretensões do Real Madrid. Apesar de liderar o torneio com 72 pontos, os Merengues podem ver o Barcelona, que possui 69 e ainda joga neste sábado, conseguir a igualdade na tabela nesta rodada. Vale lembrar que o atual líder ainda possui um jogo a menos na competição.

Apesar de ter atrapalhado a vida do rival, o Atlético de Madrid também não tem grandes motivos para comemorar, já que permaneceu na terceira colocação, com 62 pontos, e praticamente deu adeus à briga pelo título do Campeonato Espanhol. Os Colchoneros, no entanto, ostentam uma sequência de sete jogos sem derrota na competição e devem garantir vaga na próxima edição da Liga dos Campeões sem dificuldades.

As equipes voltam a campo neste meio de semana, em confrontos das quartas de final da Liga dos Campeões. Ambos têm jogos marcados para a quarta-feira, às 15h45(de Brasília). O Real Madrid irá visitar o Bayern de Munique, na Allianz Arena. Já o Atlético de Madrid recebe o Leicester, no Vicente Calderón.

Pelo Campeonato Espanhol, as equipes voltam a campo no próximo sábado. O Real Madrid irá atuar às 11h15(de Brasília), visitando o Sporting Gijón, no Estádio El Molinón. Já o Atlético de Madrid joga às 13h30(de Brasília), recebendo o Osasuna, no Vicente Calderón.

A partida teve início com o Atlético de Madrid pressionando nos primeiros minutos. A principal chance veio aos três. Koke realizou cruzamento para a área, Saúl desviou e a bola saiu muito perto da trave esquerda de Navas.

Aos poucos, porém, o Real Madrid começou a ocupar o campo de ataque e criar suas chances. Aos 14, Casemiro roubou a bola no meio-campo e tocou para Cristiano Ronaldo. O português ajeitou para a perna direita e soltou uma bomba para boa defesa de Oblak.

O Atlético de Madrid, porém, assustava nos contra-ataques. Aos 18, Carrasco recebeu na direita, cortou para a perna esquerda e chutou em direção ao gol. Griezmann apareceu livre no meio de defesa e desviou na trave. O auxiliar, porém, marcou corretamente a posição de impedimento.

A partida seguiu eletrizante. Aos 26, Saúl teve uma boa chance em chute por cima do gol. Já aos 27, foi a vez de Cristiano Ronaldo chutar para a defesa de Oblak. O lance mais inacreditável, porém, aconteceu na sequência, aos 30. Novamente CR7 recebeu dentro da grande área e finalizou com uma bomba. A bola passou pelo goleiro dos Colchoneros, no entanto, Savic apareceu na hora certa e tocou de cabeça em cima da linha para evitar um gol certo dos Merengues.

O Atlético de Madrid ainda teve uma última chance no equilibrado primeiro tempo. Aos 37 minutos, Griezmann arrancou em direção ao ataque e arriscou de perna esquerda de fora da área. A bola viajou com perigo e obrigou Navas a cair para fazer a defesa. Apesar da boa oportunidade, a rede não balançou na primeira etapa e o jogo foi para o intervalo com placar de 0 a 0.

A partida voltou para o segundo tempo com o Real Madrid exercendo uma grande pressão. Com um minuto, Cristiano Ronaldo cabeceou tirando tinta da trave do Atlético de Madrid. Já aos dois, foi a vez de Benzema finalizar para boa defesa de Oblak.

De tanto pressionar, os Merengues chegaram ao gol. Aos seis minutos, Kroos cobrou falta com perfeição e colocou a bola na cabeça de Pepe. O luso-brasileiro cabeceou e mandou no canto, sem chances de defesa para Oblak, abrindo o placar no Santiago Bernabéu.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.