Lutas

Em rede social, Spider se defende de críticas e pede respeito

Anderson pediu respeito a história que ele escreveu no UFC.
Gazeta Esportiva16/02/2017 às 09h52

SÃO PAULO - Anderson Silva viveu anos como um lutador dominante no UFC, e ainda assim não escapou de críticas de quem não aprovasse sua postura. Não foi diferente após sua vitória diante de Derek Brunson no último domingo, em que parte da opinião do público e até mesmo do presidente do UFC, Dana White, contestou os critérios de arbitragem que deram o resultado favorável ao brasileiro. Spider, entretanto, rebateu aos críticos com declarações fortes em suas redes sociais nesta quinta-feira.

Usando sua conta pessoal do Instagram, Anderson pediu respeito a história que ele escreveu no UFC, sendo o campeão dos peso médios por quase uma década, e também não poupou palavras de descontentamento a quem reclama de seus feitos e não possui informação sobre o esporte e a trajetória do lutador.

Confira o desabafo de Anderson na íntegra:

“Hoje em dia é fácil dizer que a luta é minha raiz, tá chovendo de gente que fala de luta e não sabe o que diz. Por isso, quando subir no octógono, procure primeiro saber quem eu sou, respeite quem chegou onde eu cheguei. Eu cheguei muito bem, sem desrespeitar a ninguém, com muita luta e orgulho no peito. Então, você que fala demais, procure saber primeiro quem eu sou e o que fiz nesse esporte.

Muitos me acham arrogante e prepotente? Posso ser sim e muito mais, não porque fui considerado o melhor lutador peso-por-peso do mundo. Não, não, é pelos meus feitos, é pelo que eu realmente fiz por esse esporte. Quebrei barreiras por todos os cantos do mundo por onde eu lutei, Pride, Shooto, Meca e outros eventos que esses falastrões nunca ouviram falar e não sabem como é.

Sou de uma época diferente, quando não tinha limite de peso e nem de tempo. Eu realmente luto por paixão, não por dinheiro ou fama. Falastrões e lutadores frustrados, que lerem esse texto, posso ser arrogante, prepotente e muito mais que isso, sou Anderson Silva, quem fez e faz diferença no esporte.

Não tenho medo e não fujo de luta, defendi o cinturão por 10 anos, nenhum dos últimos campeões conseguiu defender por mais de 3 lutas.

Então fica meu agradecimento a todos que gostam de mim e os que não gostam, terão que aceitar que Anderson da Silva, The Spider, é um fato e não tem como mudar. Sou o melhor do mundo sim! Pra alegria de muitos e tristeza de outros. Só posso dizer que logo nos vemos nos octógonos da vida”.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.