Tênis

Federer vence e encara Berdych no Aberto da Austrália

Suíço despachou o norte-americano Noah Rubin por 3 sets a 0.
Gazeta Esportiva18/01/2017 às 09h29

SÃO PAULO - Na madrugada desta quarta-feira, Roger Federer se garantiu na terceira rodada do Aberto da Austrália. Em sua segunda partida oficial após ficar mais de seis meses afastado das quadras, o 17º do ranking mundial não teve vida fácil, mas despachou o norte-americano Noah Rubin (200º da ATP) por 3 sets a 0, com parciais de 7/5, 6/3 e 7/6 (7-3).

O jogo começou equilibrado, e Roger não conseguiu impor seu jogo logo de cara. O suíço demorou um pouco para entrar na partida, mas foi superior quando conseguiu. No 12º game da partida, Federer conseguiu a quebra de serviço e saiu na frente.

A tônica se manteve na segunda parcial, e um break no sexto game de jogo deu ao ex-número 1 do mundo a vantagem necessária para abrir 2 a 0 e ficar em posição confortável a partida. Já o terceiro set foi mais complicado. Federer oscilou e seu rendimento caiu. Quem se aproveitou foi Rubin, que pontuou o saque do rival e abriu 3 a 0.

Porém, o suíço se restabeleceu a tempo, auxiliado pela falta de experiência do norte-americano, que tem apenas 20 anos. Roger salvou dois set points, e ainda viu Noah desperdiçar a chance de sacar para a parcial. De volta à partida, Federer levou o set ao tie-break e foi superior.

No total, o suíço disparou 48 bolas vencedoras, em comparação a apenas 19 de Rubin. Aliás, o tetracampeão ainda mostrou-se forte em seu saque, disparando 17 aces. Contudo, Roger também foi quem mais cometeu erros não-forçados: 41, contra 27 do norte-americano.

Com a vitória assegurada, Federer se prepara para encarar seu principal desafio até o momento: o tcheco Tomas Berdych, número 10 do mundo, que derrotou o norte-americano Ryan Harrison por 6/3, 7/6 (8-6) e 6/2.

Kerber oscila, mas confirma favoritismo

Defendendo o título, Angelique Kerber, atual número 1 do mundo, teve mais dificuldade do que o esperado para avançar à terceira rodada. Após três sets, a alemã confirmou o favoritismo e venceu a compatriota Carina Witthoft (89ª da WTA) com parciais de 6/2, 6/7 (7-3) e 6/2.

No primeiro set, Kerber mostrou-se firme em quadra, e precisou de 36 minutos para aplicar três quebras de serviço, apesar de ter sofrido uma, e sair na frente. Na segunda parcial, a número 1 do mundo conseguiu o break logo de casa e imaginava-se que a atual campeã não teria maiores problemas para garantir a vitória.

Porém, Carina devolveu a quebra, equilibrou o jogo e empatou o confronto no tie-break. Na terceira e decisiva parcial, Kerber se impôs, aplicou outros três breaks e se garantiu na próxima rodada. Agora, Angie enfrenta e tcheca Kristyna Pliskova (58ª).

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.