Eliminatórias da Copa

Colômbia arranca empate contra o Chile em Santiago

Os atuais campeões da Copa América não conseguiram vencer diante de sua torcida.
Gazeta Esportiva12/11/2015 às 22h58

SANTIAGO (CHILE) - A campanha irretocável dos atuais campeões da Copa América durou apenas dois jogos nas Eliminatórias. Na noite desta quinta-feira, em duelo válido pela terceira rodada, o Chile empatou por 1 a 1 com a Colômbia dentro de sua casa, o Estádio Nacional, em Santiago.

Toda a mística em torno do palco no qual os chilenos levantaram a taça continental em 2015 não foi suficiente para levar a equipe, que fez bom primeiro tempo e abriu o placar com gol de cabeça de Arturo Vidal, a superar os visitantes. De volta após ausência nas duas primeiras rodadas, o meia do Real Madrid James Rodríguez marcou belo tento na segunda etapa para deixar tudo igual.

Com o resultado, o Chile vai a sete pontos na tabela e fica com a vice-liderança, atrás do Equador, agora única seleção com 100% de aproveitamento na competição. Os comandados de Jorge Sampaoli voltam a campo na próxima terça-feira (17), quando visitam o Uruguai em Montevidéu, no Centenário.

A Colômbia, por sua vez, chega a quatro pontos e ocupa provisoriamente a quinta posição, mas pode ser ultrapassada pelo Brasil, que soma três e enfrenta a Argentina nesta sexta-feira em jogo adiado por causa de fortes chuvas em Buenos Aires. Na quarta rodada, James Rodríguez e companhia recebem a Argentina na cidade de Barranquilla, em embate marcado também para terça (17).

Embalado pelo Estádio Nacional lotado cantando a plenos pulmões seu hino nacional, cenário no qual sagrou-se campeão da Copa América, o Chile começou a todo vapor. Com um minuto de bola rolando, Alexis Sánchez bateu forte da entrada da área e parou em boa defesa de Ospina, que se esticou e mandou para escanteio.

Assim, o jogo foi se desenhando com os donos da casa dominando a posse de bola e a Colômbia apostando nos contra-ataques. Foi justamente em uma escapada rápida pelo lado direito que Muriel cruzou para Jackson Martínez bater e ser travado por Vidal na primeira chance dos visitantes. A jogada praticamente se repetiu aos 21 minutos, mas dessa vez Jackson Martínez rolou para Daniel Torres, que bateu de primeira e exigiu boa defesa de Claudio Bravo.

A forte marcação praticada por ambas as equipes deixou a partida amarrada em seguida, com muitas disputas de bola no meio-campo. Tanto que, apesar de terem trocado muitos passes, os donos da casa só foram abrir o placar em lance de bola parada aos 45 minutos. Em cobrança de falta pelo lado direito, Matías Fernández cruzou sobre a área colombiana e achou a cabeça de Arturo Vidal, que testou firme para balançar as redes e fazer a festa da torcida em Santiago.

Pouco mudou na configuração do duelo após o intervalo, e o Chile seguia tomando a iniciativa ofensiva enquanto os colombianos tentavam explorar a velocidade de seus homens de frente no contragolpe garantidos por boa atuação de Ospina debaixo das traves. Aos 11 minutos, Pekerman trocou Carlos Sánchez por Cardona no meio-campo visitante, dando mais volume de jogo à equipe.

A melhora colombiana no jogo rendeu frutos aos 22 minutos, quando Muriel disparou pela esquerda, foi à linha de fundo e tentou cruzar, mas carimbou a marcação. Em seguida, pegou o rebote e rolou na marca do pênalti para James Rodríguez, que demonstrou muita categoria ao girar sobre a marcação e, sem ver o gol, bater de direita no canto para superar Bravo e empatar o placar.

Com os donos da casa tentando evitar o tropeço diante de sua torcida, a partida ficou aberta nos minutos finais. Enquanto o Chile atacava com pelo menos seis jogadores, os colombianos aproveitavam os espaços para contragolpear. Entretanto, as defesas, especialmente a visitante, fizeram seu trabalho e garantiram a igualdade no placar.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.