MMA

UFC foi avisado sobre doping de Spider somente após luta, diz Dana White

O exame feito em Anderson Silva foi realizado no dia 9 de janeiro.
Gazeta Esportiva18/02/2015 às 16h32

LAS VEGAS - Em coletiva realizada na tarde desta quarta-feira, em Las Vegas, o presidente do UFC, Dana White, fez questão de deixar claro que o doping de Anderson Silva era desconhecido no dia da luta do brasileiro contra o norte-americano Nick Diaz, pelo UFC 183. O embate terminou com vitória de Spider, que voltava após um ano parado por conta de uma lesão na perna esquerda.

O exame feito em Anderson Silva foi realizado no dia 9 de janeiro e enviado ao laboratório três dias depois. Dana White ainda declarou que o UFC só foi avisado sobre o teste positivo de Spider no dia 3 de fevereiro, às 10 horas da manhã, portanto, dois dias depois da vitória do brasileiro.

“Nenhum lutador vale mais do que a integridade física do esporte. A comissão jamais deixaria Anderson Silva pisar no octógono se já soubesse de seu doping”, disse Dana White.

O lutador brasileiro Anderson Silva foi flagrado no exame antidoping por uso dos metabólitos drostanolona e androsterona, substâncias que melhorariam sua performance no octógono. O UFC foi avisado pela Comissão Atlética de Nevada.

“Não podemos ser cobrados por anunciar ou não os teste positivos, pois não somos regulados pela comissão atlética. Nunca fazemos isso”, avisou Dana White.

Na última terça-feira, Spider foi suspenso temporariamente pela Comissão Atlética de Nevada. Em março, outra reunião deve definir uma punição mais exata ao brasileiro, que testou positivo também no dia da luta contra Nick Diaz.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.