Campeonato Maranhense

Moto Club derrota o Maranhão Atlético e encaminha vaga na final do Estadual

Com grande atuação no primeiro tempo, o Papão ampliou a vantagem sobre o Quadricolor.
Gustavo Arruda / Imirante Esporte04/04/2019 às 22h42
Moto Club derrota o Maranhão Atlético e encaminha vaga na final do EstadualLance do clássico entre Maranhão Atlético e Moto Club, no Castelão. (Foto: Gaudêncio Carvalho / Moto Club)

SÃO LUÍS – Dono da melhor campanha do Campeonato Maranhense, o Moto Club deu um passo gigantesco na briga por uma vaga na final da competição. Na primeira partida das semifinais do Estadual, disputada na noite desta quinta-feira (4), no Estádio Castelão, o Papão do Norte mostrou a sua força diante do Maranhão Atlético, principalmente no primeiro tempo, venceu por 2 a 1 e ampliou a vantagem sobre o Quadricolor.

O Moto Club encaminhou a vitória no clássico Maremoto com uma excelente atuação no primeiro tempo. Logo aos 11 minutos, Juninho Arcanjo abriu o placar em cobrança de pênalti, enquanto Márcio Diogo, aos 25, aproveitou sobra de bola em finalização de Gleisinho e fez o segundo gol rubro-negro. Na etapa final, o Maranhão Atlético melhorou seu desempenho e diminuiu o prejuízo aos 15 minutos, com um gol de pênalti de Deylon, mas não foi o suficiente para impedir o triunfo motense no Castelão.

Com a vitória no Castelão, o Moto Club fica com a vaga na final do Estadual em caso de novo triunfo, empate ou até mesmo uma derrota por um gol de diferença na segunda partida das semifinais. O Maranhão Atlético, por sua vez, só se classifica se vencer o próximo Maremoto por dois ou mais gols de diferença, já que o Moto, por ter melhor campanha, tem a vantagem do empate no placar agregado da semifinal.

A segunda partida das semifinais entre Moto Club e Maranhão Atlético será disputada na tarde deste domingo (7), às 16h, no Estádio Castelão, com transmissão da rádio Mirante AM e cobertura completa do Imirante Esporte. O vencedor dessa série encara Imperatriz ou Sampaio Corrêa na final do Campeonato Maranhense.

O jogo

Mesmo com a vantagem do empate no placar agregado das semifinais, o Moto Club pressionou o Maranhão Atlético no início da partida. Logo aos três minutos, Evandro Russo aproveitou um erro do goleiro Rodrigo Ramos e chutou forte, mas foi travado pela defesa do MAC. Pouco depois, aos 11, o Papão abriu o placar: após Willian Daltro desviar uma finalização de Diego Renan com a mão, dentro da grande área, Juninho Arcanjo cobrou pênalti com perfeição e fez o primeiro gol rubro-negro.

Em ritmo intenso, o Moto Club permaneceu no campo de ataque, enquanto o Maranhão Atlético encontrava dificuldades para avançar. Aos 18 minutos, Mateus Mendes fez o cruzamento na medida para Gleisinho, que chutou de primeira e levou perigo ao gol do MAC. A pressão do Moto voltou a surtir efeito aos 25 minutos: após cobrança de falta, Gleisinho chutou forte, a bola foi desviada pela defesa do Maranhão e sobrou para Márcio Diogo, que, de cabeça, ampliou a vantagem motense no Castelão.

Como o Maranhão Atlético sofria para se organizar em campo, o Moto Club continuou criando suas chances de gol. Aos 32 minutos, Márcio Diogo tabelou com Juninho Arcanjo e arriscou o chute, que saiu pela linha de fundo. O MAC só assustou o Rubro-Negro aos 34 minutos, com Marciano, que recebeu passe de Jefferson Abreu e arriscou a finalização, defendida parcialmente por Rodolfo e salva em cima da linha pelo zagueiro Lucas Dias. O Moto, entretanto, não se intimidou com o avanço do Quadricolor e quase anotou o terceiro gol aos 36: após driblar três marcadores, Márcio Diogo finalizou mal, para fora.

MAC melhora, diminui prejuízo, mas Moto fica com a vitória

Depois de uma atuação abaixo das expectativas na etapa inicial, o Maranhão Atlético voltou do intervalo com uma postura mais agressiva e quase diminuiu o placar aos seis minutos: após cobrança de escanteio de Denílson, o zagueiro Anderson Alagoano fez o desvio de cabeça, e a bola passou perto do gol. Pouco depois, aos oito, o Moto respondeu com Márcio Diogo, que recebeu cruzamento de Gleisinho, mas não conseguiu a finalização.

Com o jogo equilibrado, o Maranhão Atlético se lançou ao ataque e foi premiado aos 15 minutos. Após Marciano ser derrubado por Mateus Mendes na grande área, Deylon cobrou pênalti e balançou as redes pelo Quadricolor. O Moto Club, porém, não se abateu com o gol atleticano e quase ampliou a vantagem aos 23 minutos, com Juninho Arcanjo, em chute forte que passou por cima do gol.

Na reta final de partida, a equipe do Maranhão Atlético esboçou uma pressão, mas o Moto Club, com uma marcação atenta e troca de passes no meio-campo, segurou o resultado. A última grande oportunidade do MAC foi aos 40 minutos, em cobrança de falta de Rafael Santos, que bateu forte, mas a bola subiu muito e foi para fora.

FICHA TÉCNICA

MARANHÃO ATLÉTICO: Rodrigo Ramos; Denílson, Lucas, Anderson Alagoano e André Radija (Rodrigo) (Rafael Santos); Willian Daltro, Jefferson Abreu e Deylon; Marciano, Cléber Pereira e Bruno Chocolate (Felipe Costa). Treinador: Sandow Fecques

MOTO CLUB: Rodolfo; Diego Renan, Alisson, Lucas Dias e Mateus Mendes; Naílson, Lucas Hulk e Juninho Arcanjo (Wander); Márcio Diogo (Diego Vitor), Gleisinho e Evandro Russo (Pedro Dias). Treinador: Wallace Lemos

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.