Copa do Nordeste

Com gol no fim, Moto Club arranca empate contra o Vitória no Barradão

Papão sofreu gol no começo da partida, mas evitou a derrota fora de casa.
Gustavo Arruda / Imirante Esporte19/01/2019 às 18h02
Com gol no fim, Moto Club arranca empate contra o Vitória no BarradãoVitória e Moto Club duelaram no Barradão. (Mauricia da Matta / EC Vitória)

SALVADOR – Depois de uma estreia abaixo das expectativas na Copa do Nordeste, o Moto Club esbanjou valentia em seu primeiro compromisso como visitante na competição regional. Em partida válida pela segunda rodada do Nordestão e disputada na tarde deste sábado (19), o Papão do Norte sofreu um gol relâmpago diante do Vitória, mas não se abateu, arrancou o empate por 1 a 1 no Estádio Barradão e manteve a invencibilidade na temporada.

Atuando com um time Sub-23, o Vitória precisou de apenas três minutos para abrir o placar no Barradão. Após Luan Ferreira ser derrubado pela defesa do Moto Club na grande área, Nickson cobrou pênalti com perfeição e fez a festa da torcida do Leão. Mesmo com o prejuízo no placar, o Moto fez um jogo equilibrado contra o Vitória, criou suas oportunidades no campo de ataque e foi premiado aos 41 minutos do segundo tempo, com Márcio Diogo, que marcou o gol de empate do Papão em cobrança de pênalti.

Com o empate diante do Vitória, o Moto Club chegou aos dois pontos em duas rodadas da Copa do Nordeste e assumiu provisoriamente a terceira posição do Grupo B, atrás apenas de Ceará e ABC. O Vitória, por sua vez, também conquistou o seu segundo ponto e permanece na terceira colocação do Grupo A.

Depois de duas partidas pela Copa do Nordeste, Moto Club e Vitória voltam as suas atenções para os respectivos Estaduais. Enquanto o Papão do Norte encara o Imperatriz nesta quarta-feira (23), às 19h, no Estádio Castelão, com transmissão da rádio Mirante AM e cobertura completa do Imirante Esporte, o Vitória recebe o Vitória da Conquista nesta quinta-feira (24), no Barradão.

O jogo

Antes mesmo que o cenário do jogo se desenhasse no Barradão, o Vitória abriu o placar: aos três minutos, Luan Ferreira foi derrubado pela defesa do Moto Club na grande área, e Nickson bateu o pênalti com categoria, sem chances para Rodolfo. O gol não diminuiu o ritmo do Leão, que quase ampliou a vantagem aos oito minutos, com Luan Silva, mas a finalização foi para fora.

Depois da pressão inicial do Vitória, o Moto Club equilibrou o jogo e assustou os donos da casa. Aos 18 minutos, Lucas Dias aproveitou cobrança de escanteio de Evandro Russo e cabeceou firme, para defesa de Caíque. A resposta do Vitória veio aos 27 minutos, com Jhemerson, que arriscou o chute e não levou perigo ao gol de Rodolfo.

Na reta final do primeiro tempo, o Moto Club esboçou uma pressão e deixou a torcida do Vitória aflita no Barradão. Aos 36 minutos, Evandro Russo fez um cruzamento na medida para Márcio Diogo, que fez o desvio de cabeça e acertou a trave do Leão. Dois minutos depois, Juninho Arcanjo arriscou o chute, e a bola passou perto do gol de Caíque.

Moto Club insiste e consegue empate

A segunda etapa começou em um ritmo lento, com as duas equipes fechando os espaços e as marcações anulando os ataques. O primeiro avanço foi do Vitória: aos 14 minutos, Mateus fez o cruzamento para a grande área do Moto Club, Rodolfo afastou, e a bola sobrou para Eron, que não conseguiu a conclusão para o gol.

Mesmo com as substituições feitas por Wallace Lemos, com destaque para a entrada dos atacantes Léo Paraíba e Diego Vitor, o Moto Club sofria para avançar diante de um Vitória bem posicionado na defesa. Sem sucesso na troca de passe, o Papão tentou o empate em cobrança de falta aos 25 minutos, mas Juninho Arcanjo acertou a barreira do Leão. Pouco depois, aos 27, Nickson respondeu pelo Vitória, em finalização que bateu em cima de Lucas Dias.

Satisfeito com o triunfo por 1 a 0, o Vitória recuou, e o Moto Club aproveitou a estratégia do rival para pressionar. Márcio Diogo, aos 34 minutos, acertou um belo chute, para defesa igualmente bonita de Caíque. Pouco depois, aos 39, o Papão conseguiu furar o bloqueio do Leão: após Bruno Bispo desviar uma finalização motense com a mão, dentro da área, Márcio Diogo foi para a cobrança do pênalti e decretou o empate da equipe maranhense no Barradão.

FICHA TÉCNICA

VITÓRIA: Caíque; Cedric, Gabriel Silva, Bruno Bispo e Mateus; Hebert (Paulo Vitor), Jhemerson (Farinha) e Luan Silva; Luan Ferreira (Ronald), Nickson e Eron. Treinador: João Burse

MOTO CLUB: Rodolfo; Diego Renan, Lucas Dias, Alisson e Mateus Mendes; Lucas Hulk, Naílson e Juninho Arcanjo (Léo Paraíba); Márcio Diogo, Evandro Russo (Gleissinho) e Danilo Galvão (Diego Vitor). Treinador: Wallace Lemos

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.