Campeonato Brasileiro

Vanderlei Luxemburgo critica arbitragem após derrota do Vasco

O Cruz-maltino foi derrotado pelo Corinthians, em duelo pela 22ª rodada do Brasileirão.
Imirante Esporte, com informações do CR Vasco da Gama30/09/2019 às 22h04
Vanderlei Luxemburgo critica arbitragem após derrota do VascoVanderlei Luxemburgo, técnico do Vasco. (Rafael Ribeiro / CR Vasco da Gama)

SÃO PAULO - Em jogo válido pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Vasco da Gama foi até São Paulo para encarar o Corinthians e até criou boas oportunidades, mas acabou sendo derrotado pelo placar de 1 a 0. Jogando em seu estádio, na manhã de domingo (29), o Alvinegro Paulista levou a melhor graças a um gol marcado pelo volante Ralf, no segundo tempo.

Após o apito final, em entrevista coletiva, o treinador Vanderlei Luxemburgo avaliou o desempenho diante do clube paulista e lamentou a falta de capricho da equipe cruz-maltina nas finalizações. O experiente comandante também elogiou a estreia do jovem volante Bruno Gomes, de apenas 18 anos, e contestou a atuação da arbitragem, que anulou um gol de Werley.

Confira os trechos da entrevista coletiva do técnico Vanderlei Luxemburgo:

Arbitragem na Arena Corinthians

"Os meus jogadores estavam reclamando que no lance do gol deles, tinha tido uma mão e não foi revisado. Cabe uma revisão do lance. O Gaciba deu uma palestra para os nossos jogadores lá no CT e mostrou para eles o que caracteriza o impedimento ou não. Eu já tenho a imagem do VAR e ela mostra que a mão do Werley está em cima da linha vermelha, mas o que caracteriza o impedimento não é a mão, mas os pés. A única coisa que está na linha vermelha é a mão do Werley, então como podem dar impedimento num lance como esse? O Gaciba foi bem enfático quando nos falou que mão não caracteriza impedimento, mas sim os pés. Então, não foi impedimento, o gol foi legal. Nós estamos sendo sempre prejudicados, numa situação ou outra. O Castan fez um pênalti contra o Palmeiras e nós tivemos um pênalti igual na rodada seguinte contra o CSA, mas não marcaram alegando que não tinha câmera do VAR. Quem foi o prejudicado? O Vasco da Gama. Contra o Grêmio, lá em Porto Alegre, a mesma coisa. Perdemos muitos pontos por conta de situações como essa. O Gaciba está tentando modernizar, possui dados interessantes dos benefícios trazidos pelo VAR ao futebol brasileiro, mas os árbitros não estão aplicando esses ensinamentos dentro do jogo. Essa é a reclamação que tenho".

Atuação contra o Corinthians e Bruno Gomes

"Jogamos como Vasco da Gama. Eu tenho falado para os jogadores que devemos jogar dessa forma. Apesar disso, não posso ignorar a influência do VAR. Sair com a vantagem é muito melhor, mas tivemos chance de colocar a bola para dentro. Não podemos apenas reclamar do VAR, precisamos colocar a bola para dentro. As chances apareceram e não colocamos a bola para dentro. Jogamos uma grande partida, mas o Corinthians conseguiu colocar a bola para dentro na única bola que foi. Temos que fazer o gol quando estivermos na cara do gol. Aconteceram coisas, como a estreia do Bruno, um menino de 18 anos que foi lançado nos profissionais contra o Corinthians, dentro da Arena Corinthians, e não sentiu. Ele parecia que estava jogando no quintal de casa, atuando como se nada estivesse acontecendo. Isso é muito bom. É um moleque de talento e que está se preparando para o futuro do Vasco da Gama. O time jogou uma partida de igual para igual e acho que quem fez a diferença foi o Cássio, que é um grande goleiro. O Fernando não pôde aparecer, pois as bolas não chegaram tanto. A única que chegou foi difícil, não teve como ele defender. Também tem o VAR, que mais uma vez fez diferença contra o Vasco da Gama. O Gaciba tem que olhar isso. Ele não pode dar uma palestra falando uma coisa e na prática ser feita outra coisa. Se tiver alguma imagem que caracterize o impedimento, eu vou ficar calado, mas é preciso mostrar que o jogador está em impedimento. Ou vem publicamente reconhecer que os árbitros não estão colocando em prático o que ele tem apresentado nas palestras. Cabe a ele fazer uma coisa dessa. Ele é um cara transparente, que quer o bem do futebol, então precisa agir com transparência para todo mundo entender".

Posição atual no Campeonato Brasileiro

"Não condiz com o momento do Vasco. Só acrescentar na nossa pontuação os pontos que deixamos de somar por conta da interferência do VAR. Não dá para ficar passivo numa situação dessa. Não vou transferir para o VAR a responsabilidade, mas ocorreram situações e sem elas talvez estivéssemos mais acima, talvez no G7, no G8 ou no G9, por ali, brigando por alguma coisa. Os jogos são complicados, decididos nos detalhes, com uma ou duas chances, não existe mais aquela superioridade. Os únicos times que possuem uma superioridade são Palmeiras, Flamengo e Grêmio, as equipes mais preparadas. Pensamos em sair da confusão o quanto antes para olhar para cima. Não perdemos esse pensamento. Temos a convicção que temos equipe para disputar algo, mas vai depender das coisas que vão acontecer".

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.