Copa Sul-Americana

Fluminense bate o Antofagasta e garante classificação na Sul-Americana

Mesmo jogando fora de casa, o Tricolor se impôs e derrotou a equipe chilena.
Imirante Esporte, com informações do Fluminense FC21/03/2019 às 23h02
Fluminense bate o Antofagasta e garante classificação na Sul-AmericanaO Fluminense está garantido na segunda fase da Sul-Americana. (Lucas Merçon / Fluminense FC)

ANTOFAGASTA (CHILE) - O Fluminense está classificado para a segunda fase da Copa Sul-Americana. O Tricolor foi até o Chile e venceu o Antofagasta por 2 a 1 na noite desta quinta-feira, conquistando a vaga na etapa seguinte da competição. Após o empate em 0 a 0 no Maracanã, o time do técnico Fernando Diniz fez um bom primeiro tempo no estádio Calvo y Bascuñan e abriu o placar com Everaldo. Os donos da casa empataram ainda na primeira etapa, mas Luciano colocou o Flu novamente na frente no segundo tempo, confirmando a equipe na próxima fase da disputa.

Aos 7 minutos, Airton encontrou Everaldo, o atacante dominou e tentou o toque para Yony González, mas o colombiano foi desarmado. Everaldo recebeu na frente aos 10 minutos e no momento do chute, o zagueiro colocou para escanteio. Na sequência, Everaldo e Yony tabelaram na área e o adversário interceptou a jogada. Quase que o Flu abriu o placar aos 13, após Yony chutar forte e o goleiro tirar de soco. O Tricolor chegou ao gol com Everaldo aos 17 minutos. Ele recebeu de Yony e bateu cruzado, sem chances para o goleiro Hurtado. O Antofagasta empatou aos 25 minutos, em cabeçada de Jason Flores. Nos acréscimos, Everaldo arriscou na pequena área, mas o árbitro assinalou impedimento no lance.

Boa chance do Flu logo no primeiro minuto da etapa complementar, quando Gilberto levantou na área e Yony tentou de cabeça, o goleiro espalmou e Luciano não chegou no rebote. Aos 5 minutos, boa jogada individual de Caio Henrique, que se livrou da marcação e achou Yony livre, mas o chute foi muito forte. Delfino fez pênalti em Matheus Ferraz aos 15 minutos e Luciano cobrou, mas o goleiro defendeu. Everaldo arriscou o chute de fora da área aos 21 e a bola passou ao lado da meta adversária. Na segunda oportunidade, Luciano não desperdiçou. O camisa 18 recebeu rasteiro de Yony e só empurrou para o fundo das redes aos 23 minutos: 2 a 1 no Chile. Caio Henrique cobrou escanteio aos 41 e Matheus Ferraz subiu para cabecear, mas a bola foi para fora. Nos acréscimos, Yony chutou forte e o goleiro impediu o terceiro gol Tricolor.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.