Copa Libertadores

Cruzeiro estreia na Libertadores com vitória sobre o Huracán

Com o triunfo em Buenos Aires, a Raposa lidera o Grupo B da competição continental.
Imirante Esporte, com informações do Cruzeiro EC07/03/2019 às 23h25
Cruzeiro estreia na Libertadores com vitória sobre o HuracánLance do jogo entre Huracán e Cruzeiro. (Divulgação / Conmebol)

BUENOS AIRES (ARGENTINA) - Vitória azul na Argentina! Com muita raça e debaixo de forte chuva, principalmente no início da partida, o Cruzeiro estreou na Conmebol Libertadores com uma grande vitória ao bater o Huracán por 1 a 0, em Buenos Aires, gol marcado por Rodriguinho, ainda no primeiro tempo.

Com o resultado, o time celeste encabeça a o Grupo B da competição internacional. Os jogadores retornam a Belo Horizonte ainda nessa noite e se dirigem diretamente para a Toca da Raposa 2 onde iniciam a preparação para a partida de domingo, contra a Tombense, pelo Campeonato Mineiro.

Início

O primeiro lance de grande perigo foi da Raposa. Robinho bateu o escanteio aos 12 minutos e Rodriguinho mandou para o gol com grande perigo. O goleiro adversário espalmou para o lado e a zaga afastou o perigo.

A chuva torrencial atrapalhava as duas equipes. Aos 29 minutos, Fred recebeu na entrada da área e ajeitou para Robinho, o camisa 19 lançou por cima da zaga e Rodriguinho, se livrou da marcação, e bateu na saída do goleiro argentino. 1 a 0 Cruzeiro.

Aos 44 minutos, falta na entrada da área para o Huracán. A bola foi rolada para o lado e Gamba arriscou de canhota, mas por cima do gol defendido por Fábio.

No último lance do primeiro tempo, Rafinha viu a infiltração de Egídio e lançou, o lateral avançou pela esquerda, e tocou na saída do goleiro. Antony chegou abafando e evitou o segundo gol da Raposa.

Segundo tempo

O Cruzeiro começou a segunda etapa pensando em ampliar o placar. O primeiro lance de perigo veio aos nove minutos. Edilson recebeu pela direita e cruzou na cabeça de Fred que cabeceou pela direita do gol.

O Huracán insistia em jogadas pela direita e os cruzamentos acabavam nas mãos do goleiro Fábio, que mostrava muita segurança na partida.

O time anfitrião buscava o empate. Aos 23 minutos, Gamba tabelou e recebeu na entrada da área, o chute pegou em Murilo e saiu com perigo pela linha de fundo. Dois minutos depois, o Huracán chegou com perigo por duas vez, primeiro com Barrios que passou pelo Fábio e chutou, Murilo tirou na linha.

Aos 30 minutos, Fred recebeu grande cruzamento na área e ajeitou para trás, a zaga chegou na hora e afastou o perigo.

No último lance do Huracán, já quatro minutos depois do tempo, o lateral esquerdo do Huracán avançou na intermediaria e arriscou, Fábio fez a defesa e no rebote Fábio pegou de novo.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.