Campeonato Brasileiro

Yago Pikachu frisa importância de triunfo no clássico contra o Fluminense

Artilheiro do Vasco confia em uma boa apresentação da equipe diante do Tricolor.
Imirante Esporte, com informações do CR Vasco da Gama01/11/2018 às 20h31
Yago Pikachu frisa importância de triunfo no clássico contra o FluminenseYago Pikachu divide com Thiago Galhardo em treino do Vasco. (Rafael Ribeiro / CR Vasco da Gama)

RIO DE JANEIRO - Mais uma etapa da preparação do Vasco para o clássico contra o Fluminense foi cumprida na tarde desta quarta-feira (31) no CT do Almirante, em Vargem Pequena. Assim como nas duas primeiras atividades visando a partida, a comissão técnica colocou o grupo para suar a camisa em trabalhos físicos e técnicos. Todos os jogadores que estão à disposição para o confronto participaram da movimentação.

Atleta que mais atuou pelo Vasco na temporada, Yago Pikachu concedeu entrevista coletiva momentos antes do treinador Alberto Valentim decretar o início do treinamento. Na oportunidade, o camisa 22 festejou a semana de preparação e não escondeu o otimismo ao projetar o próximo desafio. Vencer o Tricolor das Laranjeiras para se distanciar do incômodo Z4 é a grande meta vascaína.

"Estamos otimistas e vamos fazer de tudo para vencer essa partida. Querendo ou não, o Fluminense é um adversário direto. Eles jogam e temos que estar atentos. Não sabemos se eles virão nos enfrentar com o time titular, até por conta do jogo e do desgaste. Chegaremos bem preparados. Estamos tendo mais uma semana de trabalhar para corrigir os erros que cometemos contra o Inter e manter o que fizemos de bom. Queremos os três pontos para sair de vez dessa zona de desconforto que nos encontramos na tabela", afirmou o artilheiro.

Na rodada passada, atuando dentro de São Januário, o Vasco da Gama teve uma boa apresentação e, por pouco, não derrotou o Internacional, um dos postulantes ao título do Campeonato Brasileiro. Na avaliação de Yago Pikachu, que já balançou as redes 18 vezes em 2018, o rendimento cruz-maltino foi excelente em virtude da mudança promovida pela comissão técnica no esquema tático.

"O esquema mudou um pouco. Agora estamos jogando de uma forma diferente. Vínhamos jogando com três volantes e acabou entrando o Marrony, que possui mais de velocidade. Estávamos com pouca gente chegando no ataque. Agora, jogando com dois jogadores abertos, eu na direita e o Marrony na esquerda, passamos a ter mais opções na frente. O Maxí não está mais isolado, como foi em outros jogos que disputamos. O importante é que estamos levando para o jogo aquilo que estamos treinando", declarou o camisa 22.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2018 - Todos os direitos reservados.