Campeonato Brasileiro

Barbieri lamenta falta de atenção do Flamengo nos gols do Internacional

O Rubro-Negro foi derrotado fora de casa pelo Colorado e caiu para a quarta posição do Brasileiro.
Imirante Esporte, com informações do CR Flamengo06/09/2018 às 20h41
Barbieri lamenta falta de atenção do Flamengo nos gols do InternacionalMauricio Barbieri, técnico do Flamengo. (Gilvan de Souza / CR Flamengo)

RIO DE JANEIRO - O Flamengo acabou dando as chances para o Internacional. Essa foi a avaliação do técnico Mauricio Barbieri após o jogo no Beira-Rio, onde o time acabou derrotado por 2 a 1 para o Colorado gaúcho. Com o resultado, o Rubro-Negro caiu para a quarta colocação na tabela de classificação, estando cinco pontos atrás do líder, o próprio Internacional.

De acordo com o treinador, os gols, principalmente o segundo, foram ocasionados por erros de atenção e posicionamento dos seus jogadores. O adversário aproveitou e teve competência para marcar. Em entrevista coletiva, o técnico falou sobre o sistema defensivo do time e explicou o gol sofrido que deu a vitória aos gaúchos.

"São situações de atenção. Estamos cometendo erros que não cometíamos anteriormente. No momento do escanteio, o Willian Arão entrou na função do Piris da Motta e ele deveria fazer a marcação. Mas o time estava discutindo na área e o Inter aproveitou, batendo rápido o escanteio. É difícil jogar assim. O adversário nem precisa criar a situação. Precisamos trabalhar e ter mais foco".

A desatenção foi a tônica na avaliação de Barbieri. O resultado poderia ter sido o empate, pois o Flamengo criou mais que o Inter e teve a chance nos minutos finais. Para o treinador, apesar da derrota, o campeonato está aberto e a distância para o líder não aumentou no final da rodada. Mauricio Barbieri também comentou as mudanças que teve que fazer na equipe, por conta de desfalques e convocações.

"São erros que temos que evitar e fizeram diferença no final do jogo. As mudanças nós tivemos que fazer. Viemos e jogamos de igual para igual. Queríamos levar pelo menos o empate, mas não fomos competentes na hora de concluir. Evidente que não é o que a gente gostaria, mas, no final das contas, talvez a gente termine a rodada a cinco pontos do líder, como iniciamos, então continuamos na briga".

O rodízio no ataque também foi assunto da entrevista coletiva. Na noite desta quarta, Barbieri saiu jogando com Lincoln. Como ele mesmo explicou, a escolha se deu por conta das características do Internacional e que esse modelo poderá ser uma tendência a partir de agora.

"A gente já havia treinado com o Lincoln na véspera. Era uma decisão que já havíamos tomado antes, pela velocidade e características do jogador. A defesa do Inter sai muito, então entendemos que isso abriria espaços para explorarmos. Ele conseguiu segurar a bola e combinar com os companheiros, mas não teve oportunidades claras. Abriu espaços, como os que o Marlos aproveitou em duas cabeçadas. A gente vai procurando e rodando de acordo com as características do que vamos enfrentar", concluiu o treinador.

O Flamengo volta a campo neste sábado, contra a Chapecoense, às 21h, no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.