Campeonato Paulista

Antes de decisão, Marcos Rocha valoriza momento do Palmeiras

O Alviverde precisa de um empate contra o Corinthians para conquistar o título paulista.
Imirante Esporte, com informações da Agência Palmeiras05/04/2018 às 22h13
Antes de decisão, Marcos Rocha valoriza momento do Palmeiras

SÃO PAULO - No próximo domingo (08), às 16h, no Allianz Parque, Palmeiras e Corinthians decidem o título do Campeonato Paulista de 2018. Apesar da vantagem de 1 a 0 obtida no jogo de ida, em Itaquera, o elenco do Verdão se mantém cauteloso com a final do Estadual. O lateral-direito Marcos Rocha valorizou o atual momento vivido no clube.

"É muito especial. É uma semana em que nós precisamos conter um pouco a ansiedade, a euforia que vem dos torcedores. Estamos tranquilos, com os pés no chão, confiando em cada trabalho do Roger (Machado). Eu estou bastante feliz pelo momento que estou vivendo no Palmeiras. Era um dos meus objetivos chegar à final do Paulista", afirmou o palestrino, que conta com o apoio da família para o duelo decisivo com o rival.

"Desde o primeiro jogo, eu trouxe o meu pai e a minha mãe para ficarem em casa comigo para eu não ficar com a mente vazia. Conversamos, assistimos jogos de outras equipes, jogamos ludo, dama, descansando o corpo e a mente para que tudo possa correr bem", declarou.

Na manhã deste sábado (7), os jogadores do Palmeiras terão visitas especiais no último treino antes da final do Paulistão. Os torcedores do Verdão poderão acompanhar de perto o trabalho realizado no Allianz Parque, local da partida.

"Para mim é novo (treino aberto). Fico bastante feliz pelas duas equipes terem entrado em um consenso para abrir o treino para as torcidas. É o momento daqueles torcedores que não conseguiram comprar ingressos vivenciarem um pouco do nosso trabalho e passarem energia positiva", disse o jogador, já projetando a força das arquibancadas durante os 90 minutos do clássico.

"A torcida nos apoiará, assim como fez antes do primeiro jogo na porta do CT (centro de treinamento). O nosso torcedor tem consciência de que será difícil. Nós dentro do campo e eles do lado de fora, teremos que nos doar bastante. Não terá clima de festa", completou.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.