Futebol

Ricardo Oliveira fala pela 1ª vez sobre negociação frustrada: “Fiquei triste”

O camisa 9, que completará 36 anos, entende que deveria ter sido liberado.
Gazeta Esportiva04/03/2016 às 16h14

SÃO PAULO - Passada uma semana do fim das negociações entre Santos, Ricardo Oliveira e Beijing Guoan, o jogador resolveu falar sobre o assunto. À SantosTV, o centroavante não mudou sua postura e mais uma vez deixou claro que não ficou satisfeito com o resultado das conversas. O camisa 9, que completa 36 anos em maio, entende que deveria ter sido liberado pelo Peixe.

“Vi uma possibilidade enorme de deixar no clube um valor que não se esperava. Porque, de fato, jogador passa dos 30 anos e perde valor. Não se compra mais. E eu cheguei com 34 anos. Vendo todas as situações, o que eu abri mão, vi uma possibilidade muito boa financeiramente, para minha família, e oportunidade extremamente boa para a instituição”, disse.

A gravação do vídeo vem depois do Santos cancelar uma entrevista coletiva com Ricardo Oliveira e Modesto Roma Júnior prevista para acontecer no último sábado. A assessoria do clube, à época, prometeu encontrar uma nova data, mas, depois de uma reunião geral entre elenco, diretoria e comissão técnica, onde diversos assuntos pendentes foram tirados a limpo, ficou-se decidido que o jogador falaria por meio do canal oficial santista.

“Fiquei triste. Gostaria que as coisas tivessem caminhado de outra maneira? Sim. Mas passou. Não posso lamentar. Não vou jamais me resguardar. Não vou deixar de correr. Nunca vou fazer corpo mole. Tenho contrato até 2017 e vamos cumprir o contrato”, continuou o centroavante.

Confira a entrevista completa no vídeo acima em que Ricardo Oliveira também fala sobre ter alcançado a marca de 100 jogos pelo Peixe, Seleção Brasileira e o clássico diante do Corinthians, neste domingo.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.