Campeonato Brasileiro

São Paulo goleia o Goiás, mas fica fora do G8 do Brasileirão

Tricolor e Esmeraldino disputarão a Copa Sul-Americana em 2023.

Gazetapress

O São Paulo não teve dificuldades para golear o Goiás no Estádio Hailé Pinheiro.
O São Paulo não teve dificuldades para golear o Goiás no Estádio Hailé Pinheiro. (Rubens Chiri / São Paulo FC)

GOIÂNIA - O São Paulo goleou o Goiás por 4 a 0 neste domingo, no estádio Hailé Pinheiro, em Goiânia, pela 38ª rodada do Campeonato Brasileiro, graças aos gols de Giuliano Galoppo, Luciano, Marcos Guilherme e Juan, mas não conseguiu a tão sonhada classificação para a Copa Libertadores.

Apesar da vitória, o Tricolor não conquistou a vaga no torneio continental pelo fato de a combinação de resultados necessária não ter se confirmado. O São Paulo precisava que o Athletico-PR vencesse o Botafogo e que América-MG e Fortaleza empatassem ou perdessem seus jogos. O Leão do Pici, no entanto, bateu o Santos, acabando com qualquer chance de Rogério Ceni e seus comandados disputarem o torneio continental.

O São Paulo se despediu do Campeonato Brasileiro na nona colocação, com 54 pontos, e disputará em 2023 a Copa Sul-Americana pelo segundo ano consecutivo.

O jogo

O São Paulo não fez um primeiro tempo ruim. Logo aos 12 minutos o time comandado por Rogério Ceni chegou com perigo pela primeira vez. Welington conduziu a bola pelo meio e tocou para Rodrigo Nestor, que chegou batendo de primeira, da entrada da área, mas mandou por cima do travessão.

Aos 20 minutos, porém, o São Paulo teve mais sorte. Igor Gomes fez o cruzamento pela direita, e Galoppo cabeceou no cantinho, sem chances para Tadeu, que se esticou todo para fazer a defesa, mas não conseguiu alcançar a bola. Foi o primeiro gol do meia argentino com a camisa tricolor.

O Goiás só foi responder aos 34 minutos, quando Vinícius recebeu nas costas de Rafinha, tirou Nahuel Ferraresi da jogada e bateu colocado, vendo Felipe Alves fazer uma grande defesa para manter o São Paulo em vantagem na partida.

E o Tricolor só não foi para o intervalo com uma vitória parcial mais elástica porque Tadeu também foi decisivo. Galoppo deu ótimo passe em profundidade para Nestor, que tocou para Luciano. O atacante saiu cara a cara com o goleiro do Goiás, mas viu sua finalização ser defendida pelo rival.

Segundo tempo

Na etapa complementar, o Goiás tentou correr atrás do prejuízo e levou perigo ao gol de Felipe Alves com Nicolas, mas seus chutes não estufaram as redes. O São Paulo, por sua vez, respondeu com Galoppo, que completou na pequena área o cruzamento, mandando por cima do travessão.

Aos 25 minutos, porém, o Tricolor teve mais sorte. Calleri recebeu na entrada da área, dominou e ajeitou para Luciano, que bateu cruzado, sem chances para Tadeu, ampliando o placar no Hailé Pinheiro.

Não satisfeito, o São Paulo ainda chegou ao terceiro gol antes do apito final com Marcos Guilherme, que ficou com a bola dominada dentro da área e bateu forte, no cantinho, e ao quarto gol com Juan, recebendo de Talles Costa e tocando na saída do goleiro para fechar os trabalhos em Goiânia.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.