Campeonato Gaúcho

Grêmio atropela Brasil de Pelotas e garante vaga na semifinal do Gauchão

Superior desde os primeiros minutos, o Tricolor não deu chances ao Xavante.

Gazeta Esportiva

- Atualizada em 27/03/2022 às 11h33
O Grêmio não teve dificuldades para golear o Brasil de Pelotas na Arena.
O Grêmio não teve dificuldades para golear o Brasil de Pelotas na Arena. (Richard Ducker / Framephoto / Divulgação)

PORTO ALEGRE - Movimentação, toque de bola, finalizações e 42 gols no ano: o Grêmio fez mais uma grande atuação, venceu por 4 a 1, garantiu a classificação para a semifinal e destruiu as esperanças do Brasil de Pelotas no Campeonato Gaúcho. A equipe tricolor deixou clara a sua superioridade desde o início e não deu chances para o adversário, que precisará melhorar seu desempenho para a disputa da Série B do Campeonato Brasileiro.

O Grêmio começou arrasador. Luan sofreu uma falta perto da área e Fred foi para a cobrança, porém, a bola desviou para a linha de fundo. No escanteio, Douglas cobrou e Pedro Geromel, apelidado pela torcida tricolor de “Geromito”, fez valer a sua alcunha, cabeceando direto para as redes. Aos dois minutos de jogo, o Grêmio vencia por 1 a 0.

Os papéis no jogo se inverteram. O Brasil, que estava preparado para ter uma postura defensiva, passou a atacar pelos lados, mas com nenhuma efetividade. O Grêmio, que estava preparado para atacar e dominar a posse de bola, passou a jogar no contra-ataque, mas não conseguia a rapidez suficiente para o encaixe. A única finalização do Brasil foi uma cabeçada de Nathan aos 30 minutos, que passou perto da trave. Aos 38 minutos, após boa tabela, Giuliano cruzou e Luan errou em bola dentro da área.

Aos 39, o Grêmio ficou perto de liquidar a partida. Maicon deu um passe de craque para Giuliano, que driblou o defensor do Brasil do Pelotas e entregou um passe açucarado para Bobô. O centroavante escorou para as redes: 2 a 0. Walace sentiu uma lesão antes do intervalo e foi substituído por Edinho para o segundo tempo.

No segundo tempo, logo aos nove minutos, Eduardo Brock deu esperanças à torcida do Brasil, ao aparar um escanteio com a perna direita: 2 a 1. No início desta etapa, o Brasil passou a pressionar o Grêmio e forçar erros de passe, especialmente com o volante Edinho. Porém, não demorou muito para a equipe tricolor se recompor em campo.

Lincoln entrou na partida aos 22 minutos, aumentando a movimentação dos jogadores gremistas na frente. Geromel quase fez um gol antológico aos 25, quando driblou quatro jogadores do Brasil e chutou para fora.

O Brasil não resistiu à pressão. Aos 28 minutos, Martini afastou um cruzamento dentro da área e a bola sobrou para Giuliano, que driblou o goleiro, o zagueiro e finalizou: 3 a 1. Aos 32, Luan realizou um belo lançamento de 15 metros para Pedro Rocha por trás da zaga. Ele tirou de Eduardo Martini e completou para a rede: 4 a 1.

O Grêmio viaja amanhã para Quito, onde enfrentará a LDU pela Libertadores. Pela semifinal do Campeonato Gaúcho, o Grêmio espera o vencedor de Juventude x Ypiranga, que se enfrentam na terça-feira, 12 de abril.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter e Instagram e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.