Em Caxias

Dois homens são presos por transporte irregular de animais na BR-316, em Caxias

Uma equipe da PRF encontrou os animais após fiscalização no Km 543.
Imirante.com08/05/2019 às 16h59
Dois homens são presos por transporte irregular de animais na BR-316, em CaxiasCem porcos estavam sendo transportados de maneira irregular. (Divulgação / PRF)

CAXIAS – Dois homens foram presos pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na terça-feira (7), por transporte irregular de 100 porcos e cinco cavalos no Km 543 da BR-316, em Caxias, a 360km de São Luís. A equipe da PRF encontrou os animais após fiscalização em um caminhão boiadeiro, que apresentava um forte odor característico de suínos.

Para os porcos, havia uma Guia de Transporte Animal (GTA), emitida em 6 de maio e com validade de cinco dias, com quantitativo de apenas 40 animais, restando 60 suínos sem a devida GTA. Já para os cavalos, havia uma GTA com validade vencida e com quantitativo de apenas um cavalo, restando quatro animais sem documentação. Como os homens detidos também não tinham a comprovação da imunização dos porcos e cavalos, a PRF acionou a Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (AGED), que realizou os procedimentos cabíveis.

O passageiro do caminhão declarou ser proprietário dos porcos e que iria conduzi-los até o município de Maracaçumé. A compra dos animais foi realizada por R$ 30 mil, em Pedra (PE). O homem também afirmou que foi notificado no posto da AGED em Timon, onde foi lavrado um auto de infração no valor de R$ 5 mil. Na nota fiscal, há um carimbo do agente fiscal da AGED, determinando o retorno dos animais ao estado de origem, mas essa decisão foi desobedecida.

O motorista do caminhão, por sua vez, disse que um cavalo veio de Cabo de Santo Agostinho (PE), e os outros quatro equinos foram recebidos em uma fazenda próxima a Timon.

Diante das informações obtidas, foram constatados, a princípio, os seguintes delitos: transporte de animais sem GTA e disseminação de doenças/espécies que possam causar dano. A destinação dos animais ficou a cargo da AGED, enquanto o motorista e o passageiro do caminhão foram conduzidos para a Delegacia de Polícia Civil em Caxias.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.