tire suas dúvidas

Conheça os desafios do Ensino Médio brasileiro

Formação de professores pode diminuir barreira entre profissionais e alunos
Na Mira, com informações da Assessoria15/02/2019 às 15h51
Conheça os desafios do Ensino Médio brasileiroAs mudanças em relação ao Ensino Médio ainda geram muitas dúvidas. (Foto: Divulgação)

BRASIL - Em 2018, foi homologada a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) do ensino médio - orientações que deverão nortear os currículos das escolas públicas e privadas do Brasil. E mesmo que a previsão inicial das mudanças estejam em vigor até o início de 2020, esse é um assunto que ainda gera muitas dúvidas entre a população brasileira. Afinal, serão transformações positivas ou negativas?

A reforma foi planejada com o intuito de melhorar o Ensino Médio, deixando-o mais atrativo para os alunos e promovendo transformações para a vida profissional dos professores. A ideia é que essa etapa da educação básica instigue os estudantes a buscarem mais conhecimento que os auxilie no futuro e os profissionais se mantenham atualizados e capacitados para ajudá-los a se destacarem.

Apesar dos resultados reais estarem distantes de serem conquistados, profissionais acreditam que esse pode ser o início das transformações para melhorar o sistema educacional brasileiro. Para Almir Pacheco, que trabalha com diretor de um escola, não tem como pensar em educação de qualidade sem investir na formação continuada dos professores.

“A falta dessa formação é o que afeta principalmente a qualidade de ensino, dificultando assim, o convívio entre professores e alunos. Há cinco anos, a metodologia e a didática de ensino era totalmente diferentes, por isso os professores precisam se atualizar”, assegura Pacheco. Na escola em que atua, a equipe de docentes participa de cursos em quatro períodos do ano letivo - tanto presencial como a distância.

Entretanto, mudar não é fácil. Principalmente, em um momento - ensino médio - que envolve tantos desafios. Nessa fase, os estudantes enfrentam uma série de mudanças na tentativa de encontrar uma identidade própria. Por isso, é importante que os professores se tornem um facilitador e não apenas um transmissor de conteúdo.

Uma coisa que não muda é a importância do Ensino Médio na formação de um adolescente. E se você deseja investir em uma educação de qualidade para o seu filho, pode optar pelas bolsas de estudo do Educa Mais Brasil. O programa tem 15 anos de atuação e oferta 300 mil bolsas de educação básica. Acesse o site do programa e confira todas as oportunidades disponíveis na sua região.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.