Operação Navalha

Ação da PF prende políticos e empresários

Do G1, em São Paulo e em Brasília 17/05/2007 às 11h18

BRASÍLIA - A Polícia Federal (PF) prendeu nesta quinta-feira (17) 43 pessoas em nove estados e no Distrito Federal na Operação Navalha. Entre os detidos estão o deputado distrital Pedro Passos (PMDB-DF), o prefeito de Camaçari, Luiz Caetano (PT), e o ex-governador do Maranhão José Reinaldo Tavares (PSB). Também foram presos empresários e servidores públicos.

Todos os detidos serão levados para a Superintendência da Polícia Federal em Brasília. A ação da PF teve o objetivo de desmontar um esquema de fraude em licitações e desvio de recursos públicos federais destinados a obras públicas, incluindo as do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e do programa Luz para Todos.

Procurada pelo G1, a assessoria do deputado Pedro Passos disse que não tem informações sobre o caso.

Na cidade de Camaçari (BA), além do prefeito, também foi preso o secretário de Infra-estrutura, Iran Ferreira. A assessoria de imprensa da prefeitura informou que dará uma coletiva às 11h30 para se posicionar sobre o assunto.

O G1 está tentando localizar a assessoria de imprensa e os advogados do ex-governador do Maranhão José Reinaldo Tavares.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.