Campanha de vacinação contra aftosa atingirá 16 estados

Agência Brasil 04/05/2004 às 09h20

BRASÍLIA - O ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues, lançou hoje a quinta etapa da campanha nacional de vacinação contra a febre aftosa 2004, durante a abertura oficial da ExpoZebu, em Uberaba (MG). A imunização dos rebanhos bovino e bubalino (búfalos), que começou em janeiro deste ano, atingirá 16 estados este mês.

No Acre, Amapá, Amazonas, Goiás, Pará, Paraná, Piauí, Rondônia, São Paulo, Sergipe, Tocantins e no Distrito Federal, a vacinação será feita em todo o rebanho. Em Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, a imunização beneficiará animais com idade abaixo de 24 meses. Em Minas Gerais, a campanha atingirá apenas os municípios que fazem parte do Circuito Pecuário Leste. A outra parte de Minas, pertencente ao Circuito Pecuário Centro-Oeste, já teve seu rebanho vacinado em março.

O cronograma de imunização abrangerá, gradualmente, os rebanhos dos 26 estados e do DF até o final do ano. Em junho e julho, por exemplo, o Rio Grande do Sul vacinará os animais com idade inferior a 24 meses. Em agosto, o Pará receberá um reforço de vacinação em animais jovens.

Hoje, 91% do rebanho bovino nacional estão livres de aftosa com vacinação. Com essa condição, o país tem conseguido ampliar mercados para as exportações do setor. No ano passado, as exportações de carne bovina somaram cerca de US$ 1,5 bilhão.

Em março, o ministro Roberto Rodrigues enfatizou que, para erradicar a febre aftosa, devem ser adotadas três medidas: o fortalecimento dos serviços de atenção veterinária, um envolvimento mais profundo do setor privado nos programas de erradicação da doença e a atuação integrada do Brasil e seus vizinhos sul-americanos.

No ano passado, o governo brasileiro doou um milhão de doses da vacina contra a febre aftosa à Bolívia e outras 500 mil ao Paraguai.

As informações são do Ministério da Agricultura.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.