Edição Digital

Geral | Armamento

Armas apreendidas podem ser doadas a órgãos de segurança pública

As armas passíveis de doação são carabina, espingarda, fuzil e metralhadora; a Polícia Federal, em parceria com o Exército, destrói cerca de 4 mil armas recolhidas nos últimos dois anos
12/08/2017

BRASÍLIA - O Ministério da Defesa regulamentou a doação de armas apreendidas para órgãos de segurança pública, conforme previsão do Decreto 8.938, editado no fim do ano passado. A instrução do Comando do Exército com os procedimentos para a doação foi publicada no Diário Oficial da União.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2018 - Todos os direitos reservados.