JOÃO LISBOA
Reconhecimento

Câmara aprova título de cidadão joãolisboense ao padre Felinto Elísio

  •  
  •  

A entrega da honraria será no dia 12 de dezembro.

0
O padre Felinto Elisio será homenageado com o título de cidadão joãolisboense.
O padre Felinto Elisio será homenageado com o título de cidadão joãolisboense. - Foto: João Rodrigues/ Imirante Imperatriz

JOÃO LISBOA – O padre Felinto Elisio Correia Neto, pároco da igreja matriz de Santa Teresa D´Ávila, padroeira e cofundadora de Imperatriz, será homenageado ainda este mês com o recebimento do Título de Cidadão Joãolisboense. A solenidade de entrega da horaria será no dia 12 de dezembro.

O projeto de decreto legislativo com a honraria é de autoria do vereador Raimundo Soares Neto, mais conhecido por Nego da Edna e foi aprovado pelo plenário da Câmara.

O padre Felinto, um dos padres mais antigos da Diocese de Imperatriz, usou seu perfil numa rede social para agradecer a honraria. “Partilho com minha família e os amigos a honra concedida a mim de receber o título de “Cidadão Joãolisboense”, aprovado por unanimidade pela Câmara Municipal da cidade de João Lisboa, a pedido do Vereador Raimundo Soares Neto, Vereador no segundo mandato e reeleito para o terceiro”, postou.

O sacerdote, lembrou, ainda, que trabalhou em João Lisboa nos anos de 1982, 1983 e 1984.

”O Vereador Nêgo da Edna, como é carinhosamente conhecido, hoje pai e avô, e membro da Casa Legislativa, tornou-se não só um irmão, mas um amigo que me acompanhou estrada afora visitando as comunidades daquele município”, reconheceu o religioso que encerrou: “Obrigado por esta distinção honrosa ao meu sacerdócio. A cerimônia acontecerá na Câmara Municipal de João Lisboa no dia 12 de dezembro, às 9h”.

Leia outras notícias em imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, Snapchat, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no YouTube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2383.

plantão i

    enquete

    PARTICIPE!

    Na sua opinião, qual é o maior problema de São Luís, atualmente?

    PARTICIPAR VER PARCIAL

    redes sociais