Campeonato Paulista

Palmeiras bate o São Bernardo e lidera grupo C do Paulista

  •  
  •  

Os dois gols do Alviverde foram marcados no segundo tempo, por Dudu e Jean.

0
O Palmeiras venceu o São Bernardo em casa.
O Palmeiras venceu o São Bernardo em casa. - Cesar Greco / Agência Palmeiras / Divulgação

SÃO PAULO - O Palmeiras assumiu a liderança do Grupo C do Campeonato Paulista na noite desta quinta-feira. No Estádio Palestra Itália, o time alviverde teve trabalho para ganhar do São Bernardo por 2 a 0, resultado que alivia a pressão sobre o treinador Eduardo Baptista.

Após um primeiro tempo decepcionante, torcedores organizados chegaram a gritar o nome de Cuca na saída para o intervalo. Na etapa complementar, pouco depois de Eduardo Baptista mexer no time, Dudu marcou o primeiro e correu para abraçar seu treinador em sinal de apoio. Jean, em cobrança de pênalti, fechou o marcador.

Com seis pontos ganhos, o Palmeiras defende a liderança do Grupo C do torneio estadual às 17 horas (de Brasília) de domingo, contra o Linense, em Araraquara. Já o São Bernardo, terceiro colocado no Grupo A com três pontos, visita o Santo André às 10 horas do mesmo dia.

O Palmeiras mostrou vontade e procurou atacar durante o primeiro tempo, mas teve pouca inspiração. Edu Dracena, em uma cabeçada espalmada pelo goleiro Daniel, e Alejandro Guerra, ao concluir cruzamento da direita para fora, perderam as melhores chances do time da casa.

O São Bernardo deu trabalho e chegou a ameaçar o goleiro Fernando Prass na etapa inicial. Aos 35 minutos, Edno foi derrubado por Edu Dracena perto da linha da grande área. Na cobrança, o próprio Edno bateu forte, no centro gol, para defesa do goleiro palestrino.

O Palmeiras pressionou nos minutos finais do primeiro tempo, mas não conseguiu criar boas chances para marcar. Com o placar inalterado, alguns torcedores organizados gritaram o nome de Cuca enquanto o time saía para o intervalo e foram vaiados pelos demais espectadores.

O São Bernardo quase saiu na frente logo aos sete minutos do segundo tempo em um vacilo de Fernando Prass. Pressionado, o zagueiro Edu Dracena recuou. O goleiro tentou devolver para o companheiro, mas Rodolfo interceptou o passe e a bola pegou na trave.

Com seu time inoperante, Eduardo Baptista trocou Guerra e Roger Guedes por Raphael Veiga e Michel Bastos. O Palmeiras melhorou com as mudanças e abriu o placar aos 20 minutos, quando Jean recebeu de Moisés pela direita e cruzou para finalização certeira de Dudu. O atacante não festejou como de costume e correu para abraçar seu técnico.

Satisfeita com a abertura do placar, a torcida gritou o nome do colombiano Miguel Borja, que viu o jogo de um camarote e não está inscrito no Campeonato Paulista. Aos 31 minutos, Dudu foi derrubado por Marcinho perto da entrada da área, mas o árbitro José Claudio Rocha Filho marcou pênalti. Na cobrança, Jean praticamente garantiu o triunfo palestrino.

Leia outras notícias em imirante.com/esporte. Siga, também, o Imirante Esporte no Twitter, Instagram, Snapchat, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no YouTube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2383.

plantão i

    redes sociais