Expo Indústria Maranhão

Universitários são desafiados a criar soluções para problemas reais de empresas durante competição na 5ª edição da Expo Indústria Maranhão

Terminal de Inovação by TXM Challenge ocorre durante os quatro dias de feira entre alunos do Ceuma; prêmios chegam a R$ 10 mil.

Publipost/Fiema

- Atualizada em 10/11/2023 às 15h49
A competição é uma oportunidade para os estudantes colocarem em prática o conhecimento que estão tendo em seus cursos de graduação.  Foto: Divulgação

 SÃO LUÍS - Ter a oportunidade de pensar soluções para problemas reais de grandes empresas que atuam no mercado maranhense. Este é o desafio que 50 universitários do Ceuma terão de cumprir ao longo dos quatro dias da 5ª edição da Expo Indústria Maranhão. A competição foi aberta ontem (9), no Multicenter Negócios e Eventos, em São Luís, e faz parte do Terminal de Inovação by TXM Challenge. Equipes vencedoras levarão prêmios de até R$ 10 mil. 

A competição é uma oportunidade para os estudantes colocarem em prática o conhecimento que estão tendo em seus cursos de graduação. Cada equipe é formada por um aluno de Administração, Arquitetura, Psicologia. Comunicação Social/Jornalismo, Publicidade e Propaganda, Engenharia da Computação e Engenharia Civil. 

 A atividade está alinhada com o tema do evento em 2023: “Indústria - O futuro passa por aqui”.  Foto: Divulgação

 “Todos os alunos que estão participando do desafio já estão integrados com as empresas juniores dos seus cursos. Então, em seu processo de aprendizagem eles já têm a vivência da realidade dos problemas das empresas e indústrias do estado. E por meio da participação deste desafio eles vão estreitar seu contato com as empresas envolvidas”, informou Othon de Carvalho, coordenador do Núcleo de Inovação, Tecnologia e Empreendedorismo da Universidade Ceuma. 

 A atividade está alinhada com o tema do evento em 2023: “Indústria - O futuro passa por aqui”. Na atualidade, a inovação é uma das maiores preocupações do setor industrial, por isso, a competição é uma forma de estimular o desenvolvimento de novas soluções de negócios em todos os segmentos da indústria, preparando os futuros profissionais para o mercado de trabalho. O desafio é executado pela TXM, uma empresa de pré-incubação e aceleração de startups. 

Foto: Divulgação

Para o Terminal de Inovação by TXM Challenge conta com o patrocínio do CEUMA e foram convidadas as empresas AVB, Alumar, Vale, Eneva, Suzano, ABF, Elétrica Visão, Grupo Equatorial, Granorte e PSIU. Cada empresa poderá definir um desafio para uma equipe da universidade. 

Um dos desafios, proposto pela AVB, pede aos universitários que criem soluções para o reconhecimento de padrões que detectem comportamentos inseguros como a falta do uso EPI's entre outras por parte dos colaboradores, através de análise computacional, utilizando imagens das câmeras de monitoramento. 

Os desafios são compostos por workshops, conversas, mentorias e pitches.  Foto: Divulgação

Este e outros desafios empolgaram estudantes como Brenno Leonnardo Monroe Sales, 21 anos, estudante de Publicidade e Propaganda. “Esta é a primeira vez que eu participo de um desafio como este. Eu acredito que esta será uma experiência muito boa para a minha formação profissional. A expectativa da nossa equipe é muito boa, pois esta será uma vitrine para todos nós”, disse. 

Entre os concorrentes dele está Arthur Ribeiro Vale, 22 anos, estudante de Jornalismo. Ele está confiante que sua graduação já concluída, designer, será uma vantagem na competição. “O projeto que estamos desenvolvendo foi pensado de forma conjunta. Eu acredito que o nosso diferencial será nossa experiência, eu já tenho outra graduação, então, é mais um conhecimento que será aplicado no desafio”, assinalou. 

Foto: Divulgação

Mas Luís Otávio Tupinambá, 21 anos, do curso de Administração, acredita que sua equipe estará entre os finalistas. “A gente está se empenhando bastante no nosso trabalho, então, nossa expectativa é bem alta. O nosso desafio é bastante complexo, mas estamos confiantes que vamos conseguir resolvê-lo”, afirmou. 

Os desafios são compostos por workshops, conversas, mentorias e pitches. Os pitches são apresentações breves e diretas que costumam ser feitas para investidores ou outros empreendedores em busca de capital, sócios ou parceiros. O decorrer das atividades poderá ser acompanhado pelo público em geral por meio de um painel que indicará a jornada de cada grupo. No último dia, haverá o pitch final com as melhores equipes e premiações. 

Foto: Divulgação

Segundo Fabiano Melo, gestor de Tecnologia da TXM, o desafio é executado pela TXM e é formado por uma série de problemas propostos pelas empresas parceiras. "Elas trouxeram dores das suas operações do seu dia a dia para que os alunos entendam essa dor, estudem essa dor, avaliem essa dor, criem soluções e validem essas soluções ao longo desses quatro dias com a metodologia da TXM que é usada nos nossos programas de pré-encubação de startups. Ao fim eles vão apresentar esses projetos e os três melhores serão premiados e podem até mesmo serem incorporados na rotina das empresas”, disse ele. 

Os desafios propostos nos quatro dias de evento são a segunda etapa da competição, que foi iniciada de forma on-line por meio de seis lives realizadas no mês de outubro com diversos temas referentes à temática da 5ª Expo Indústria Maranhão, além de treinamento para mentorias. No final dos desafios haverá premiações de R$ 10 mil, R$ 5 mil e R$ 2,5 mil para o primeiro, segundo e terceiro lugar respectivamente. 

Foto: Divulgação

A Expo Indústria Maranhão 2023 acontece entre 9 e 12 de novembro, no Multicenter Negócios e Eventos e tem realização do Sistema FIEMA (SESI, SENAI, IEL e Federação) e da Confederação Nacional da Indústria (CNI), com correalização do Governo do Estado e do Sebrae. Para saber mais sobre a programação e se inscrever, acesse o site www.expoindustriama.com.br. 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram, TikTok e canal no Whatsapp. Curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.