COLUNA

Estado Maior
Notas sobre a política local, regional e nacional.
Estado Maior

TRE: mais uma decisão contra protelação do União Brasil

Partido e o deputado Neto Evangelista apresentaram nome de testemunha que não consegue ser encontrada pela Justiça Eleitoral para ser intimada; desembargador José Gonçalo deu prazo de 3 dias para novo endereço da testemunha.

Ipolítica

- Atualizada em 29/08/2023 às 09h50
Neto Evangelista tem 3 dias para apresentar novo endereço de sua testemunha (Dney Justino)

SÃO LUÍS - O desembargador José Gonçalo deu novo despacho para barrar a tentativa de protelação do União Brasil na Ação de Investigação Judicial Eleitoral (Aije) que o partido responde por suspeita de fraude na cota de gênero nas eleições de 2022.

O magistrado, relator do processo, deu prazo de 72 horas para que o União Brasil e o deputado estadual Neto Evangelista apresentasse um novo endereço de uma testemunha arrolada pelo parlamentar.

A decisão vem após inúmeras tentativas do oficial de justiça de encontrar a mulher, testemunha de Neto Evangelista, nos endereços fornecidos. Como os endereços podem estar errados “de propósito” - desconfiança devido ao histórico de protelação do União Brasil e do deputado que rendeu até multa.

Se em três dias, um endereço correto não for fornecido, a testemunha de Evangelista vai ser desconsiderada. Se o endereço for fornecido e ela for encontrada, a oitiva da testemunha acontecerá no próximo dia 15 de setembro.

Mais lento

Enquanto a Aije contra o União Brasil segue o curso, a ação contra o PSC (pelo mesmo motivo: fraude na cota de gênero) continua mais lenta.

Recentemente, o mesmo relator, o desembargador José Gonçalo, mandou intimar o deputado federal Aluisio Mendes, hoje no Republicanos, mas na época da eleição comandava o PSC no Maranhão.

À coluna, Mendes disse que ainda não foi intimado.

Não deu tempo

Na reunião dos governadores com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD), estava prevista a participação do governador Carlos Brandão (PSB).

No entanto, ele chega ao Brasil somente no início da tarde o que inviabilizou a  agenda.

O vice-governador, Felipe Camarão (PT), devido a possibilidade de participação de Brandão, deixou sua agenda somente no Maranhão.

As opiniões, crenças e posicionamentos expostos em artigos e/ou textos de opinião não representam a posição do Imirante.com. A responsabilidade pelas publicações destes restringe-se aos respectivos autores.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram, TikTok e canal no Whatsapp. Curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.