Expo Indústria Maranhão

Expo Indústria mostra cenário econômico promissor para o Maranhão em quatro dias de evento

A feira sinalizou para grandes movimentações de negócios, em vários setores corporativos.

Publipost/Fiema

- Atualizada em 23/11/2023 às 13h47
Centenas de pessoas visitaram a Expo Indústria nos quatro dias de feira. (Foto: Divulgação)

SÃO LUÍS - Avaliada como o maior evento de movimentação de negócios de 2023, a Expo Indústria do Maranhão, em sua quinta edição, se consagrou como a maior feira multissetorial do Norte e Nordeste. Não por acaso, o tema "Indústria: O Futuro Passa Por Aqui!" apontou dias promissores para o Maranhão, alavancados pela sinalização de grandes movimentações de negócios, pela aplicação de altas tecnologias em vários setores corporativos, pelo investimento em gestão de pessoas e pela aposta em capacitação.

Foi o que destacou o presidente da FIEMA, Edilson Baldez, ao fazer um balanço geral sobre o evento. “Esta edição foi diferenciada, porque, dessa vez, participaram muito mais segmentos produtivos do nosso estado, como a agricultura, comércio, serviços, indústria, entre outros. Também é importante expressar os agradecimentos ao Governo do Estado e o SEBRAE MA pela fundamental parceria. Um aspecto interessante ocorrido na Expo Indústria foi a realização de eventos dentro da própria feira originados de vários segmentos. Um exemplo disso foi o setor da construção, que realizou o Encontro Nacional da Construção Civil dentro da Expo Indústria 2023. Outro exemplo bem-sucedido foi o do IEL, que organizou o maior encontro de estágio já realizado no Maranhão. Agora, com relação às grandes tecnologias, o SENAI fez um trabalho fantástico, mostrando tudo o que tem em inovação.  Esses foram somente alguns acontecimentos pontuais observados na Expo Indústria”, analisou.

Edilson Baldez, presidente da FIEMA, destacou importância da indústria na abertura da Expo. (Foto: Divulgação)

Para Edilson Baldez, o propósito da feira foi cumprido com excelência dado o nível de movimentação de negócios, que, “segundo os participantes, foi satisfatório para pequenos, médios e grandes empresários, que inclusive puderam estar em negociação com grandes bancos. Tivemos espaços aqui cuja palavra de ordem foi modernização. Realmente a feira alcançou resultados que transcenderam as expectativas”.

Em um cenário cuja expectativa de prospecção foi de cerca de R$ 301 milhões em negócios e da visitação de um público de 56.213 pessoas ao longo dos quatro dias e um total de 245 estandes, a Expo Indústria teve a participação de expositores dos mais diversos segmentos e visitantes (empresários, clientes e fornecedores da indústria, pesquisadores, professores e estudantes universitários, representantes do setor público, de organismos internacionais, de organizações não-governamentais relacionadas e outros).

Diversificação de expositores

A diversificação de segmentos da feira oportunizou à empresária da indústria criativa, Julieta Guterres de Abreu Ferreira ser uma das expositoras. Ela recebeu um convite da coordenação da Expo Indústria para mostrar seu trabalho, que contempla a produção de azulejos, artigos de cerâmica e quadros, tudo inspirado no Maranhão.  “Fiquei muito feliz em estar fazendo parte da feira, pois amo o que faço, tenho orgulho de mostrar o meu trabalho. Tive muitas visitas e pude vender razoavelmente bem as minhas peças. Para mim é uma felicidade. Agradeço aos organizadores que me deram a oportunidade de participar”, disse Julieta.

 

Terminal de inovação centralizado na Expo Indústria. (Foto: Divulgação)

Um estande que chamou a atenção e teve inúmeras visitações foi o Bumba Alimentos, do Grupo Mateus, que primeira vez participa da Expo Indústria. De acordo com o gerente comercial, Jeovane Marçal, já havia a vontade do grupo em participar das edições anteriores, mas só agora isso pôde se concretizar.  

“A gente já trabalha com a indústria de pães que vão para as nossas lojas. E há um ano e três meses começamos esse projeto com clientes indiretos, comerciantes de outras padarias. No primeiro dia conseguimos prospectar novos 38 clientes com o nosso negócio de panificação. Estamos muito felizes. Esse é um evento gigantesco. Muita gente já passou por aqui. Fechamos muitas novas parcerias”, disse Jeovane.

Expo Indústria consagrou como a maior feira multissetorial do Norte e Nordeste. (Foto: Divulgação)

A feira foi um espaço importante no sentido de mostrar produtos e serviços. Para Vitor Monteiro Gomes, sócio proprietário da Montisol, empresa que oferece soluções personalizadas voltadas ao segmento industrial, foi uma grande oportunidade para divulgar seus serviços. 

“Tivemos aqui a oportunidade de expor a nossa marca para milhares de pessoas, além disso pudemos conversar com inúmeros fornecedores e possíveis clientes. Foi um excelente ambiente para fazer networking e, principalmente, fazer negócios. A aquisição do estande foi um investimento muito bem feito. Já estamos saindo daqui com reuniões marcadas que, com certeza, trarão novos clientes”, afirmou.

Oportunidade de renda

A Expo Indústria Maranhão, além de oportunizar grandes negócios, promoveu geração de renda. A logística dos organizadores do evento, bem como dos expositores, funcionou como propulsora de oportunidade a exemplo das empresas de recrutamento de pessoal para distribuição de panfletos e demais mídias onde havia grande circulação de pessoas.

Átila Dias, que trabalhou com captação de clientes para uma clínica de estética, considerou a quinta edição da Expo Indústria uma boa oportunidade como renda extra. ‘’Muito importante para mim e, também, para muitas outras pessoas que esperam eventos como esse para trabalhar na atividade promocional. Também conseguimos fazer muitos contatos’’, disse.

Já Eli Moraes, também contratada para ações promocionais, se dividiu entre os turnos da manhã e da tarde para atender a duas empresas e diz que o esforço valeu a pena. ‘’Um evento como esse representa oportunidade para mim, economicamente, porque sou autônoma, trabalho conforme aparece a demanda. Além disso, existem grandes marcas aqui, o que significa trabalhos futuros’’, constatou a promotora. 

Visitantes elogiam

Muitas famílias prestigiaram o evento, a exemplo do advogado Floriano Romano, que veio com a esposa e seus dois filhos.  “Vim pela curiosidade na sexta-feira. Mas, gostei tanto que voltei no domingo trazendo minha esposa e filhos. Foi um grande atrativo, além do fato de ser uma enorme fonte de informações”, observou o advogado.

O microempreendedor individual Luís Lopes, que veio com sua esposa, fez um comparativo com a Expo Indústria de 2022 e acha que a desse ano superou as demais. “Vim nas duas últimas feiras e a de 2023 superou de longe as anteriores. Ela foi surpreendente, porque está muito mais forte, com maior número de expositores. Em negócios, acho que também vai superar as outras, porque tenho conversado com expositores que estão na feira e eles me disseram que foi além do que eles esperavam”, afirmou.

O pequeno André, de seis anos, por sua vez, adorou brincar com o seu pai, o administrador Jackson Arruda, em um estande que simulou uma pista de discoteca com bolhas cheias de fumaça. “Foi uma boa alternativa para o domingo. Me diverti com a minha família e olhei muitas coisas interessantes”, declarou.

O estudante Julimarcos Ribeiro da Silva, 18 anos, que veio acompanhado dos pais também elogiou a 5ª edição da Expo e disse que a família veio atraída pelos expositores e para conhecer o que as empresas estão fazendo e para mostrar o potencial industrial do estado para o maranhense. “Estamos buscando na feira oportunidades e conhecimento. E ter visitado a Expo aumentou a minha vontade de trabalhar no setor da indústria. É um evento muito produtivo”, disse.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram, TikTok e canal no Whatsapp. Curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.