ECONOMIA

Prévia da inflação aumenta em maio, segundo IBGE

Crescimento nos preços da gasolina impulsiona o IPCA-15, embora resultado fique abaixo das projeções do mercado.

Ipolítica

Apesar do aumento observado, a prévia da inflação ficou abaixo das expectativas do mercado financeiro, que antecipava uma alta de 0,47% para o mês. (Arquivo)

BRASÍLIA - A prévia da inflação oficial do Brasil, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15), registrou um aumento de 0,44% em maio. Este dado foi divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta terça-feira, 28.

O incremento nos preços da gasolina, que subiu 1,90%, foi o principal fator do aumento, contribuindo com 0,09 ponto percentual para o índice geral. O setor de transportes, influenciado pelos combustíveis, teve uma elevação de 0,77% no mês, representando o segundo maior impacto entre os grupos analisados.

OUTRAS CATEGORIAS

Além dos transportes, outros oito grupos de produtos e serviços foram analisados, dos quais todos, exceto um, apresentaram alta. Notavelmente, o grupo de saúde e cuidados pessoais viu o maior aumento percentual, de 1,07%, impulsionado pelo reajuste autorizado de até 4,50% nos preços dos medicamentos desde 31 de março.

Apesar do aumento observado, a prévia da inflação ficou abaixo das expectativas do mercado financeiro, que antecipava uma alta de 0,47% para o mês. No acumulado dos últimos 12 meses, o IPCA-15 subiu 3,70%, enquanto em 2024 a alta é de 2,12%.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram, TikTok e canal no Whatsapp. Curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.