Turismo

Praias, passeios históricos e gastronomia única numa viagem pela ilha de São Luís

A capital maranhense é um dos destinos requisitados do Nordeste, nos períodos de férias.

Imirante.com

- Atualizada em 05/12/2023 às 17h35
 As praias localizadas na Avenida Litorânea são as mais visitadas. Secom/ prefeitura São Luís/Maurício Alexandre e ABaeta.

SÃO LUÍS - Conhecida como a “Ilha do Amor”, São Luís, capital do Maranhão, é uma cidade diferente, fundada por franceses e tupinambás, ocupada por holandeses e colonizada por portugueses. O lugar oferece opções variadas em uma mesma viagem, como praias de areias claras e muito sol o ano inteiro, o reggae com seu jeito agarradinho e único de dançar, rica azulejaria portuguesa nos casarões do Centro Histórico, que ainda tem ruazinhas de pedras, e uma culinária típica marcante. 

Por tudo isso, o destino é um dos favoritos do Nordeste, durante as férias de fim de ano, e, uma das maneiras mais práticas de se chegar à cidade, é pelo Aeroporto Internacional de São Luís, administrado pela CCR Aeroportos.

O Centro Histórico de São Luís, que é um patrimônio mundial reconhecido pela Unesco, é formado por casarões seculares, revestidos de azulejo ou cerâmica, que protegem as fachadas contra os açoites da chuva e garantem temperaturas mais amenas nos ambientes internos. No local, há a Casa das Tulhas (também conhecido como Feira da Praia Grande), e a Casa do Maranhão, que conta a história da cultura do estado como a tradição do Bumba meu Boi.

 Igreja de Nossa Senhora do Desterro. Foto: Secom/ prefeitura São Luís/Maurício Alexandre e ABaeta.

Há ainda a Igreja de Nossa Senhora do Desterro, do século 17, construída por ‘desterrados’ (imigrantes, fugitivos e exilados); o Convento das Mercês e seu elegante pátio de traço ibérico; a Rua do Giz, eleita uma das seis mais lindas do Brasil; o Palácio dos Leões, local de assento do governador; e um dos mais antigos teatros do país, o conservado Teatro Arthur Azevedo.

 Teatro Arthur Azevedo. Foto: Secom/ prefeitura São Luís/Maurício Alexandre e ABaeta.

 Em dezembro, tanto os turistas quanto os próprios moradores, podem aproveitar as férias para conhecer os atrativos do centro histórico, como também um pouco mais da história de São Luís. É isso que proporciona, por exemplo, uma visita ao Memorial Maria Aragão, localizado na Beira-Mar, próximo ao Centro Histórico da capital. O Memorial, construído pela prefeitura, com projeto do arquiteto Oscar Niemeyer, guarda um rico acervo sobre a vida da médica Maria Aragão, uma das figuras mais emblemáticas da história de São Luís.

 Praias

 As praias localizadas na Avenida Litorânea são as mais visitadas, devido boas estruturas, e por serem de fácil acesso, estando em região nobre da cidade. Com dunas e vegetação margeando o calçadão da avenida, o local é uma das orlas urbanas mais bonitas do Brasil, com barracas, bares, restaurantes, hotéis e parquinho. 

Já pela Grande São Luís, formada por outras três cidades, que são Raposa, São José de Ribamar e Paço do Lumiar, existem também a praia do Araçagi, Mangue Seco e Panaquatira, que são opções mais rústicas aos visitantes.

Avenida Litorânea. Foto: Secom/ prefeitura São Luís/Maurício Alexandre e ABaeta.

 Reggae

 São Luís também é conhecida como “Jamaica brasileira”. Na cidade, há festas em que o ritmo sai por caixas de som que formam uma parede, popularmente “o paredão”. 

Quase todas as melodias são produzidas por regueiros locais, que fazem mixes de músicas cantadas em inglês. Tanto no meio da semana, quanto aos sábados, há festa em uma bar localizado na Avenida Litorânea; o bar existe desde a década de 90, e é uma referência de local para curtir reggae roots na cidade.

 COMIDAS TÍPICAS

 A principal receita local é o cuxá, uma espécie de bobó feito com folhas de vinagreira, gergelim torrado e camarão seco. Em São Luís, a mistura é integrada ao arroz, formando o arroz de cuxá, e acompanha peixes e frutos do mar. 

Outro prato típico é a torta de camarão. Na sobremesa, cremes de frutas regionais, como bacuri e cupuaçu.

Foto: Secom/ prefeitura São Luís/Maurício Alexandre e ABaeta.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram, TikTok e canal no Whatsapp. Curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.