POLÍTICA DE INCLUSÃO

Alumar certifica profissionais no programa de capacitação técnica de mulheres

Programa objetiva qualificar e reter a presença feminina nas áreas operacionais da Redução.

Imirante.com

As cinquenta profissionais femininas na solenidade de entrega dos certificados de conclusão de formação (Divulgação)

SÃO LUÍS - Cinquenta profissionais comemoram a conquista da entrega de certificado de conclusão do Programa de Formação de Mulheres na Operação, na fábrica de alumínio da Alumar, que tem o objetivo de qualificar e reter a presença feminina nas áreas operacionais da Redução. O evento teve a participação da presidente da Alcoa Foundation e vice-presidente de Sustentabilidade da Alcoa, Rosa Garcia; do Gerente da Redução, Walmer Rocha; e lideranças da Alumar.

 A partir de agora, as profissionais iniciam a capacitação prática e serão acompanhadas por tutores, por meio de consultoria especializada, e por padrinhos/madrinhas Alumarenses diretamente nas áreas em que atuarão, nos três primeiros meses de trabalho. A formação contou com a parceria do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), que elaborou um conteúdo teórico sobre educação para o trabalho, como comunicação oral e escrita, planejamento e saúde, e segurança, além de módulos técnicos, com atividades envolvendo noções da operação e outros processos operacionais.

“Na Alumar, valorizamos a diversidade e promovemos oportunidades iguais para todas as pessoas, sem distinção de cultura, ideologias, deficiências, gênero, cor, etnia, origem ou orientação sexual. Incentivamos o desenvolvimento e capacitação de todos e todas para que tenhamos um futuro comum e melhor”, destacou a Gerente de Recursos Humanos da Alumar, Tereza Cavalca.

A retomada da Redução da Alumar viabilizou a geração de 1.500 novos postos de trabalhos indiretos, além da contratação de 1.140 colaboradores diretos. O Programa de Formação de Mulheres na Operação surgiu como uma oportunidade transformadora para muitas mulheres, que buscavam espaço no mercado de trabalho.

“O programa veio para dar oportunidade a muitas mulheres que, assim como eu, tem competência, dedicação e força de vontade para agarrar todas as oportunidades oferecidas pela Alumar. Participamos de um programa transformador, em todos os aspectos. Desde a diversidade de talentos que temos dentre essas 50 meninas, até a história de cada uma. Todo lugar é lugar de mulher”, afirma Márcia Rocha, técnica em eletroeletrônica.

A Alumar é reconhecida nacional e internacionalmente pelas suas políticas de inclusão. Em 2021 foi certificada pelo Guia Exame de Inclusão & Diversidade e, em 2020, recebeu a premiação de Melhor Empresa em Diversidade no setor de Siderurgia e Mineração. Entre as iniciativas desenvolvidas pela Alumar, destacam-se a AWN (Rede de Mulheres da Alcoa), que tem como missão fornecer inspiração, conscientização e conexões na promoção de uma cultura de inclusão de mulheres e melhoria da diversidade de gênero. Também conta com os grupos EAGLE (Colaboradores na Alcoa pela Igualdade LGBTQIA+), AWARE (Alcoanos e Alcoanas Trabalhando Ativamente para a Equidade Étnico-Racial) e ABLE (Alcoanos e Alcoanas Indo Além de Expectativas Limitantes).

Sobre a Alumar

O Consórcio de Alumínio do Maranhão - Alumar é um dos maiores complexos industriais de produção de alumina e alumínio do mundo. Inaugurado em julho de 1984, é formado pelas empresas Alcoa, Rio Tinto e South32 e desempenha um papel importante no Maranhão. Cerca de 90% de seus colaboradores são maranhenses, além de contar com centenas de fornecedores locais.

O sistema de gestão da Alumar é integrado e engloba gestões de qualidade, saúde, segurança e meio ambiente estabelecido com base nas normas NBR ISO 9001, NBR ISO 14001 e NBR ISO 45001. Em 2019, obteve a certificação ASI (Aluminium Stewardship Initiative), o mais importante Selo de Sustentabilidade na cadeia de valor do alumínio.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.