COLUNA

Pergentino Holanda
O colunista aborda em sua página diária os acontecimentos sociais do Maranhão e traz, também, notícias sobre outros estados e países, incluindo informações das áreas econômica e política.
Pergentino Holanda

PH Revista: Uma bela história de amor

E mais: Os Justiceiros de Copacabana

PH

- Atualizada em 09/12/2023 às 12h45
Capa do PH Revista

Neste fim de semana iniciamos o ano 45 (XLV em algarismo romano) do caderno PH Revista, que é leitura obrigatória dos maranhenses. Em destaque, uma história de amor que envolve uma bela modelo maranhense, Isadora Amorim (Miss Maranhão 2015) e o empresário norte-americano Aaron Luther

CLIQUE AQUI E LEIA O PH REVISTA NA ÍNTEGRA

 ----------------------------------------------------------------------

45 anos do PH Revista

O PH Revista inicia neste fim de semana o seu 45º ano de circulação. Presença de todos os fins de semana nos lares maranhenses, o caderno mais glamuroso da imprensa brasileira – é o mais antigo suplemento de variedades em circulação no país –, se mantém fiel à sua proposta original: cobrir os mais importantes acontecimentos sociais, culturais, políticos e econômicos do Maranhão. E, quando os fatos têm ligação com este estado, fazemos a cobertura em qualquer lugar do Brasil e do Mundo.

Para comemorar essa nova marca conquistada com muito amor e dedicação, realizamos o Gala de Fim de Ano no dia 25 de novembro de 2023, um deslumbrante evento que celebrou os 44 anos do caderno e mais de meio século de jornalismo deste Repórter PH.

Em meio à animação da noite, quando entrou em cena mais uma atração musical, o bom amigo dos tempos de colegial Murilo Albuquerque, não se conteve:

– Este burburinho me faz lembrar o jornalista britânico Simon Hoggart que, certa vez, disse, entre uma taça e outra de champagne, que viver em Nova York é como estar numa festa terrivelmente tarde da noite. Você está cansado, com dor de cabeça desde que chegou, mas não pode ir embora porque senão perderá a festa.

E complementou: – Assim acontece com quase todos os convidados de Pergentino Holanda para os seus eventos monumentais. Se forem embora cedo, perdem a festa.

Na edição do PH Revista deste segundo fim de semana de dezembro damos continuidade com a publicação de novas imagens da festa que ficará para sempre na memória de quantos dela participaram.

 Influência de Dino

Nos bastidores, só se fala numa rearrumação política no Maranhão após a indicação de Flávio Dino para o Supremo Tribunal Federal.

É que um retorno de Dino ao Judiciário muda muita coisa no campo político, com eventuais impactos em esferas da administração pública estadual.

O atual ministro da Justiça deixará de ter, por exemplo, influência na indicação de nomes que ocupam cargos em secretarias do governo do Estado.

Bom relacionamento

Mas isso é uma consequência automática? Não, exatamente. Porque o governador Carlos Brandão quer manter um bom entendimento com o futuro ministro do STF.

E por isso mesmo deve arrastar ainda por algum tempo a ideia de substituição de nomes em secretarias importantes do governo.

Qualquer mudança mais radical só deverá acontecer – se acontecer – no segundo semestre do próximo ano.

Controle de Brandão

Com a saída de cena de Flávio Dino, não há dúvida de que o governador Carlos Brandão marcha lépido e fagueiro para conquistar o título de líder do maior grupo político do Estado.

O grupo do governador tem o controle da administração estadual, de importantes prefeituras do interior e de partidos políticos de destaque, como é o caso mais recente do MDB.

Tudo isso deve fazer diferença, por exemplo, nas eleições municipais do próximo ano.

Hotel português

O governador Carlos Brandão está entusiasmado com o projeto de instalação de uma unidade da rede portuguesa de hotéis Vila Galé em São Luís.

Sobre isso ele conversou esta semana com o ator Paulo Betti e a atriz e comediante Dadá Coelho, em visita de ambos ao Palácio dos Leões.

Brandão disse que o hotel deve ser instalado ainda no próximo ano em casarão estratégico do centro histórico.

Art Basel Miami

Destaque global entre os eventos do mercado de arte contemporânea, a Art Basel abre as portas de mais uma edição em Miami.

Em sua versão norte-americana, a mostra reúne importantes galerias de todo o globo no Miami Beach Convention Center entre os dias 6 e 10 de dezembro (contemplando a agenda de premier e os dias de exposição aberta ao público geral – de 8 a 10 de dezembro) com obras de mestres da arte ao lado de artistas emergentes da nova geração.

A mostra conta com 277 expositores, 25 deles estreantes.

Dona de uma loja de objetos de arte no Leblon, Rio de Janeiro, Lydia Moraes Correia foi conferir as novidades deste ano.

Lydia Morais Correia com as belas Lelé e Vanessa de Oliveira na Art Basel 2023

Na Art Basel Miami, Lydia Moraes Correia encontrou a maranhense Carol Sá e seu marido Hamid Aoun

Na Art Basel Miami, Lydia Moraes Correia encontrou a maranhense Carol Sá e seu marido Hamid Aoun

 DE RELANCE

Os Justiceiros de Copacabana

Não há retrato mais explícito do descalabro da segurança urbana no país do que esses vídeos e fotos divulgados nas redes sociais pelos autodenominados Justiceiros de Copacabana. Com a maior desfaçatez e como se fossem heróis, delinquentes travestidos de defensores da sociedade exibem cenas de agressão e covardia, mãos ensanguentadas e ameaças de violência contra criminosos que agem no Rio de Janeiro.

De acordo com as autoridades locais, trata-se de um grupo de moradores do bairro mais famoso do Brasil que, armados com tacos de beisebol e socos-ingleses, decidiram sair pelas ruas à caça de suspeitos de roubos e furtos naquela área da cidade.

O propósito confesso da nova milícia é fazer justiça com as próprias mãos - para intimidar marginais e compensar a inação das forças policiais.

Os Justiceiros...2

A opção pela barbárie, ainda que conte com a simpatia de parcela expressiva da sociedade brasileira, compreensivelmente revoltada com a criminalidade irrefreável, atesta o fracasso das políticas públicas de proteção aos cidadãos nos grandes centros populacionais do país.

Copacabana é uma das vitrines mais visíveis do Brasil, assim como as áreas movimentadas de São Paulo e Salvador, onde os furtos e roubos se tornaram parte do cotidiano dos habitantes.

Os Justiceiros...3

As estatísticas e a realidade comprovam que existe uma verdadeira epidemia de assaltos praticados por marginais, principalmente em busca da mercadoria mais cobiçada pelos criminosos atualmente: os celulares, que carregam aplicativos de bancos, informações pessoais dos usuários e ainda são facilmente comercializados até para o Exterior.

Esses instrumentos cada vez mais sofisticados se tornaram o objeto de desejo dos oportunistas, tanto pelo seu valor real quanto pelas possibilidades que oferecem – e mais ainda pela abundância.

O Brasil, como revelou recentemente uma pesquisa da Fundação Getúlio Vargas, já tem mais de dois dispositivos digitais portáteis por habitante, cerca de 460 milhões de smartphones, notebooks e tablets.

Os Justiceiros...4

Sabe qualquer brasileiro que não é seguro nem sensato andar com tais equipamentos à mostra pelas ruas e praças das maiores cidades.

Mas é ainda mais irracional culpar as vítimas por eventuais crimes contra elas cometidos e pela ineficácia do sistema de segurança.

Logicamente, ninguém espera que os governantes e as autoridades disponham de efetivos policiais suficientes para proteger individualmente cada cidadão, mas o mínimo que se pode desejar é que a polícia reprima e a Justiça condene com o máximo de eficiência possível.

Os Justiceiros...5

Além disso, torna-se cada vez mais urgente a adoção de políticas sociais e inclusivas que efetivamente reduzam a população de excluídos com potencial para aderir à criminalidade, especialmente de jovens sem perspectiva, que não trabalham, não estudam e, por isso, se tornam alvos fáceis de recrutamento pelo tráfico de drogas e outras organizações criminosas.

Decididamente, isso não é tarefa para justiceiros e cidadãos revoltados, que acabam praticando crimes tão graves quanto os que pretendem combater – como se viu recentemente no espancamento em Copacabana de um vendedor de balas confundido com ladrão.

A verdadeira justiça é a civilidade, não a barbárie.

Casal de grande charme na noite alegre e concorrida de sexta-feira, no bistrô Grand Cru: Isabela (com uma roupa muito bonita) e Emanoel Lutifi

Biografia de padre Jonas Abib

Em cada uma das 543 páginas do livro, o leitor terá a oportunidade de conhecer “O Padre – A história de vida de Jonas Abib”, escrito por Dimas Künsch e pela jornalista Renata Carraro.

A biografia do fundador da Comunidade Canção Nova traz experiências de vida do sacerdote que, a serviço da evangelização, viveu incansavelmente o lema escolhido para o seu ministério: “Feito tudo para todos”.

A obra será lançada neste sábado, durante o evento “Hosana Brasil”, em Cachoeira Paulista (SP), com a presença dos cofundadores da Comunidade, Luzia Santiago e Wellington Silva Jardim (Eto).

Biografia de padre Jonas Abib...2

O Cardeal Orani João Tempesta, Arcebispo Metropolitano do Rio de Janeiro, fez a apresentação do livro. “Um sacerdote que pregou pelo exemplo, pela escrita e pela palavra: falando ou cantando”, relembra Dom Orani.

O arcebispo presidiu uma das missas do velório de padre Jonas, falecido em 12 de dezembro de 2022, aos 85 anos.

A abertura da livro, intitulada “A semente”, está ligada ao Encerramento – “Fez-se tudo para todos”, pois a semente precisa morrer para brotar e dar frutos, conforme mensagem ouvida muitas vezes naqueles dias da partida do sacerdote para a eternidade: “O padre não foi sepultado, foi semeado”.

Ao final da biografia, o leitor é convidado a percorrer uma “Linha do Tempo”, ilustrada com diversas fotografias.

Novas instalações da Caei na PGJ

Foram inauguradas, na manhã da última quinta-feira, 7, na sede da Procuradoria Geral de Justiça, as novas instalações da Coordenadoria de Assuntos Estratégicos e Inteligência (Caei).

O órgão, criado em 2008, compõe o sistema de segurança institucional do Ministério Público do Maranhão e tem entre suas competências a gestão estratégica da segurança institucional, por meio da articulação dos diversos setores da instituição para a concretização das ações relativas à área de segurança dentro de uma concepção sistêmica de proteção e salvaguarda institucionais.

Além disso, a Caei atua no assessoramento estratégico do procurador-geral de justiça, bem como o fornecimento do suporte necessário nas áreas de segurança institucional e inteligência aos membros e servidores, atuando ainda, de forma colaborativa, com instituições parceiras do Ministério Público para o combate à criminalidade em todo o estado.

Novas instalações...2

O novo espaço abriga os diversos setores que compõem a Caei, como a Assessoria Militar, Seções de Segurança Institucional, Análise de Inteligência, Operações de Inteligência, Análise e Monitoramento de Sinais, Gerenciamento de Incidentes e Apoio Administrativo.

Na solenidade de inauguração, o procurador-geral de justiça, Eduardo Nicolau, ressaltou todo o esforço e investimentos realizados para dotar a Caei e o Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) da melhor estrutura possível para atuar no combate às organizações criminosas.

Em maio deste ano também foi inaugurada a sede da Caei em Timon.

Novas instalações...3

Participaram da inauguração a subprocuradora-geral da República, Raquel Dodge; a procuradora de justiça do Ministério Público do Amapá (MPAP) e conselheira do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), Ivana Lúcia Franco Cei; o promotor de justiça do Ministério Público da Bahia (MPBA) e membro do CNMP, João Paulo Santos Schoucair; a coordenadora-geral dos Centros de Apoio Operacional do MPAP, Judith Gonçalves Teles.

Para escrever na pedra:

“Tenho pensamentos que, se pudesse revelá-los e fazê-los viver, acrescentariam nova luminosidade às estrelas, nova beleza ao mundo e maior amor ao coração dos homens”. Do poeta português Fernando Pessoa.

TRIVIAL VARIADO

Javier Milei assume com promessas de medidas duras. O novo presidente da Argentina toma posse neste domingo em cerimônia que não terá a presença de Lula, mas contará com a participação de Jair Bolsonaro.

Entre as ações que o novo mandatário argentino deverá adotar estão privatizações, corte de gastos e desvalorização do peso.

Convidado por Milei, o ex- presidente Bolsonaro comparecerá à posse com uma comitiva de apoiadores, incluindo os filhos e o governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas.

A propósito: Bolsonaro já está em Buenos Aires e se encontrou com Milei na sexta-feira.

Conciliação: enxurrada de 81 milhões de processos faz a cúpula do Judiciário definir onze metas para 2024.

Natal: o presépio natalino completa oito séculos de existência este ano. A História remonta a 1223.

Mauro Fecury comanda a Festa dos Amigos, neste sábado, na UniCeuma. Será uma tarde de muita alegria e confraternização.

As opiniões, crenças e posicionamentos expostos em artigos e/ou textos de opinião não representam a posição do Imirante.com. A responsabilidade pelas publicações destes restringe-se aos respectivos autores.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram, TikTok e canal no Whatsapp. Curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.