Entrevista

Ney Matogrosso: "Se eu tiver morrendo bota ácido na minha boca e me deixe"

O músico brasileiro falou sobre o uso de drogas em entrevista à revista Breeza.

Na Mira

Ney Matogrosso. (Foto: divulgação)

BRASIL - Ney Matogrosso, ícone da música brasileira, falou sobre o uso de drogas e substâncias psicodélicas em uma recente entrevista à revista Breeza. O artista defende o direito ao consumo até a morte.

Matogrosso revela que já usou mais de 20 ácidos para se autoconhecer, além de já ter usado maconha, mas afirma que não é mais um usuário regular da erva.

"Eu uso a maconha quando tenho algum problema que eu não estou entendendo qual é a solução praquilo. Aí vem a solução (...) Nunca usei nada pra festa, nem vou pra festa. Eu uso essas coisas sozinho, prefiro sozinho. Eu fico antissocial, não consigo conversar, sabe?", comentou.

O artista de 82 anos falou ainda sobre como deseja partir dessa vida. "Você sabe que eu já conversei com um médico amigo meu: 'Olha, se eu tiver morrendo bota o ácido da melhor qualidade na minha boca, e me deixe morrer'. Não tente me manter vivo artificialmente e me dê um bom ácido e pronto, deixa eu ir. Ué, não temos que ir? Temos que ir em algum momento", disse. 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram, TikTok e canal no Whatsapp. Curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.