Após gravação no RJ

Ana Castela e Ludmilla viram alvos do Ministério Público por danos ambientais

O Ministério Público Federal entrou com uma liminar pedindo o cachê dos artistas envolvidos no "AgroPlay Verão 2".

Na Mira

Ana Castela e Ludmilla viram alvos do MPF por dano ambiental. (Foto: Ricardo Nasi/g1)

BRASIL - As cantoras Ana Castela e Ludmilla foram acionadas pelo Ministério Público Federal (MPF) após a gravação de "AgroPlay Verão 2", realizado em setembro em Angra dos Reis, no Rio de Janeiro. Além delas, a equipe responsável pelo projeto musical também entrou na mira do MPF.

O MPF entrou com uma liminar pedindo o cachê dos artistas envolvidos no projeto. Segundo a ação, o projeto foi realizado em um imóvel de luxo construído de forma irregular em uma área de proteção ambiental.

Em nota, o órgão afirma que "o objetivo da ação é reparar os danos ambientais causados pela propriedade e pelo evento. A iniciativa também visa promover o debate público sobre governança e responsabilidade socioambiental (ESG) de artistas e produtores, na escolha dos locais para a realização de eventos".

O MPF solicita ainda a demolição das estruturas construídas, além de indenização pelos danos causados ao meio ambiente. A veiculação do conteúdo produzido no "AgroPlay Verão 2" também deve ser suspensa.

"A intenção é destinar esses valores a projetos de recuperação ambiental. Também requer a condenação dos artistas e produtores para que compartilhem informações sobre a importância do patrimônio ambiental protegido pela APA Tamoios em suas redes sociais", diz o comunicado.

"Esses danos incluem a destruição da vegetação nativa, prejuízos à fauna e à flora, impermeabilização do solo e impedimento da regeneração natural da mata. Além disso, um laudo pericial datado de 2017 constatou a privatização da praia, restringindo o acesso da população a um bem público e de uso comum."

Além de Ana Castela e Ludmilla, o "AgroPlay Verão 2" teve a participação de Luan Pereira, Lucas Medeiros e a dupla Guilherme e Benuto. 
 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram, TikTok e canal no Whatsapp. Curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.