Futebol Maranhense

Presidente do Sampaio Corrêa elogia Felipe Conceição e vê harmonia do clube como ponto forte no ano do centenário

Sergio Frota falou ao Imirante Esporte sobre o planejamento e a expectativa da Bolívia Querida para 2023.

Gustavo Arruda / Imirante Esporte

- Atualizada em 01/12/2022 às 22h04
Sergio Frota, presidente do Sampaio Corrêa. (Ronald Felipe / Sampaio Corrêa FC)

SÃO LUÍS - Pouco menos de um mês após o encerramento da histórica participação no Campeonato Brasileiro Série B, quando garantiu a quinta colocação e ficou a quatro pontos do tão sonhado acesso à Primeira Divisão, o Sampaio Corrêa já está trabalhando firme para a temporada de 2023, quando completará 100 anos de fundação. Além de assegurar a permanência da maior parte dos atletas que disputaram a Segundona, a Bolívia Querida já revelou seus primeiros reforços e anunciou a contratação do técnico Felipe Conceição, que inicia os trabalhos de pré-temporada com o elenco tricolor na próxima quarta-feira (7), no CT José Carlos Macieira.

Em entrevista ao Imirante Esporte, o presidente do Sampaio Corrêa, Sergio Frota, detalhou o processo de negociação para chegar a um acordo com Felipe Conceição e exaltou os trabalhos anteriores do novo comandante da Bolívia Querida. Frota acredita que as características das equipes treinadas por Felipe se encaixam com a filosofia de jogo que quer ver sempre no clube, com foco em valorização da posse de bola, boa leitura das situações da partida, compactação e contra-ataque rápido. Além disso, o dirigente destacou alguns objetivos ambiciosos para o Sampaio em 2023: conquistar o tetracampeonato maranhense, brigar pelo título da Copa do Nordeste, chegar o mais longe possível na Copa do Brasil e, principalmente, subir para a Série A, competição que não disputa há 36 anos.

"Meu objetivo era ter um treinador estudioso e novo, mas com uma experiência no mercado. O Felipe Conceição já foi treinador de Cruzeiro e Botafogo, comandou a Chapecoense na Série A, fez um grande trabalho no América-MG. Ele estava em um patamar salarial acima do Sampaio, mas consegui trazê-lo após mostrar outros atrativos. É o ano do nosso centenário, é um time com calendário cheio, que é tricampeão maranhense e vai em busca do tetra, que quer o título da Copa do Nordeste e subir para a Série A. Esse ano, nós batemos na trave, mas temos que trabalhar com a mesma seriedade e comprometimento no ano que vem. O Felipe gostou da ideia, e eu já disse que ele vai ter condições que nunca teve em clube algum. O Sampaio tem um comando, não tem divisão na diretoria. Se tiver ambiente ruim, eu demito, como demiti jogador e pessoal do administrativo esse ano, sei como fazer gestão de grupo. Vamos dar todas as condições. Eu seguro treinador, blindo treinador, o treinador só não dá certo no Sampaio se não quiser", disse o presidente do Sampaio.

Além de falar sobre o planejamento do Sampaio Corrêa para a temporada de 2023, Sergio Frota ressaltou o clima de harmonia e o foco total do clube em busca de resultados expressivos no ano do centenário. De acordo com o presidente da Bolívia Querida, a união de elenco, comissão técnica, diretoria e demais departamentos foi fundamental na conquista do tricampeonato maranhense e na campanha do Campeonato Brasileiro Série B em 2022, e esse ponto forte, aliado ao trabalho diário, pode fazer a diferença na busca por títulos.

"O ambiente no Sampaio é o melhor possível. Temos em torno de 100 funcionários no Sampaio, divididos em vários departamentos, e a gente trabalha para que todo mundo esteja junto, no mesmo espírito. Eu sei o que é um clima bom e não aceito nada diferente disso. Vamos trabalhar muito, sabendo quais são as condições necessárias para chegar aos resultados. Também temos que trazer recursos, já que montamos um elenco do nível que terminou a Série B para a disputa do Campeonato Maranhense, que é deficitário, para a Copa do Nordeste e para a Copa do Brasil, que é a competição nacional mais atrativa em questão financeira. Estamos trabalhando para fazer um ano grande, é o centenário do Sampaio, fazer esse ano não é para qualquer um, a Bolívia Querida tem que ser respeitada e reverenciada por seu passado de glórias, que já elevou o nome do Maranhão, antigamente e hoje, no cenário nacional. Se Deus quiser e se depender da gente, vai dar tudo certo. Vamos trabalhar muito para que o Sampaio possa ter um 2023 muito vitorioso, ainda mais do que em 2022", declarou Frota.

Até o momento, o Sampaio Corrêa já confirmou 22 jogadores no elenco para a próxima temporada: os goleiros Luiz Daniel e Eduardo, os zagueiros Joécio, Allan Godói, Gabriel Furtado e Pedro Carrerette, os laterais Mateusinho e Pará, os volantes Mauro Silva, Maurício, Wesley Dias e Emerson Souza, os meias Rafael Vila, Warley, Eloir e Nadson, e os atacantes Pimentinha, Andrey, Erivelton, Vinícius Alves, Matheus Martins e Rafael Furtado.

A primeira partida oficial do Sampaio Corrêa em 2023 será no dia 11 de janeiro, às 19h, contra o IAPE, no Estádio Nhozinho Santos, pela fase de grupos do primeiro turno do Campeonato Maranhense, com transmissão da rádio Mirante AM e cobertura completa do Imirante Esporte. Também em janeiro, no dia 21 ou 22, está prevista a estreia do Tubarão na Copa do Nordeste, diante do Bahia, no Estádio Castelão, em São Luís.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.