Em Tutóia

Justiça determina reintegração de posse para empresa de energia eólica em Tutóia

Operação foi montada para assegurar a reintegração de uma área de quase dois mil metros quadrados, que é destinada para um projeto de energia eólica.
Imirante.com, com informações da TV Mirante20/08/2021 às 20h54
Justiça determina reintegração de posse para empresa de energia eólica em TutóiaO investimento foi de mais de R$ 1 bilhão para a construção de um parque eólico. ( Foto: Reprodução/TV Mirante)

TUTÓIA - A Justiça do Maranhão determinou a reintegração de posse para uma empresa de energia eólica sob uma área que vinha sendo alvo de construções irregulares devido a especulação imobiliária no povoado Arpoador, no litoral do município de Tutóia, localizado no Delta do Parnaíba.

A Polícia Militar do Maranhão (PM-MA) montou uma operação para assegurar a reintegração de posse de uma área de quase dois mil metros quadrados, que é destinada para um projeto de energia eólica.

As terras foram arrendadas pela empresa Vita Energias de uma associação comunitária. O investimento foi de mais de R$ 1 bilhão para a construção de um parque eólico.

Entretanto, devido a especulação imobiliária, a região foi tomada por construções irregulares. As casas e os empreendimentos estariam alterando o bioma do vilarejo. Com isso, a justiça acatou o pedido e pediu que as construções fossem demolidas.

Na decisão, a justiça sugere que o Ministério Público do Maranhão (MP-MA) abra uma investigação para apurar eventuais ilícitos em Arpoador. Além disso, a Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Naturais (SEMA) e o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) também foram acionados.

Em um dos processos na justiça, aparece o nome do vereador Adiel Silva, conhecido como 'Didi'. Ele estaria negociando terrenos para construção de empreendimentos na área invadida. A TV Mirante tentou ouvir as explicações do vereador, que se recusou a gravar entrevista.

Clique e veja a matéria.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.