Criminalidade

Polícia prende dois suspeitos e apreende uma adolescente por porte ilegal de arma de fogo em Timon

Prisões e apreensão foram realizadas no bairro Cidade Nova.
Imirante.com, com informações da Polícia Civil16/02/2021 às 11h21
Polícia prende dois suspeitos e apreende uma adolescente por porte ilegal de arma de fogo em TimonTimon fica a 430 km de São Luís. (Foto: arte / Imirante.com)

TIMON - A Polícia Civil do Maranhão, por meio da Delegacia de Homicídios de Timon, prendeu em flagrante, na noite dessa segunda-feira (15), duas pessoas e apreenderam uma menor de idade por porte irregular de arma de fogo, no bairro Cidade Nova, em Timon, cidade a 430 km de São Luís.

Leia também:

Homem é preso com arma de fogo no município de Bom Jardim​

Dois assaltantes são presos com simulacro de arma de fogo em São Luís

Polícia prende suspeito com 30 kg de drogas e armas em Barra do Corda​

De acordo com informações da polícia, os agentes realizavam diligências no bairro Cidade Nova, quando avistaram três indivíduos trafegando, um deles com uma arma de fogo na cintura. De imediato, os policiais deram voz de parada ao trio. Durante a abordagem, os suspeitos correram para dentro de uma residência.

Enquanto tentavam adentrar a residência pelo quintal, os policiais viram a menor de idade com uma espingarda calibre .12, municiada. Os agentes deram voz de comando para que ela largasse a arma e deitasse no chão. Os outros dois indivíduos foram abordados em seguida, enquanto tentavam fugir. Com um deles, foi encontrado uma pistola calibre 380, com 15 munições.

Segundo a polícia, um dos suspeitos visto com a arma na cintura conseguiu fugir. Na residência, foram encontradas uma bolsa contendo 22 munições calibre .12. Também foram apreendidos um veículo, modelo Ford Ka, cor branca, e uma motocicleta Biz, cinza. Policiais da Delegacia de Combate ao Narcotráfico (Denarc) foram acionados e deram apoio a ação.

A polícia informou que um dos presos possui processos criminais por roubo majorado, porte ilegal de arma de fogo e receptação. Já o outro possui processo criminal por adulteração de número de chassi ou sinal identificador de veículo.

De acordo com os investigadores, todos pertencem a uma facção criminosa que comanda o tráfico de drogas, roubos e homicídios no município.

Os conduzidos foram apresentados na Central de Flagrantes e os maiores de idade autuados por posse de arma, corrupção de menor, associação criminosa com participação de adolescente.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.