Em 2014

Preso acusado de ter participado de ataques a ônibus em São Luís

Marlon de Carvalho França também é acusado de homicídio qualificado.
Imirante.com29/04/2019 às 17h04
Preso acusado de ter participado de ataques a ônibus em São LuísMarlon de Carvalho França, 26 anos, foi preso em Timon. (Foto: Divulgação)

TIMON - A Polícia Civil do Maranhão, através do Departamento Estadual de Prevenção e Repressão ao Narcotráfico (Denaec) de Timon, em operação conjunta com o Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco), da Polícia Civil do Piauí, prendeu nesta segunda-feira (29), Marlon de Carvalho França, 26 anos.

Segundo a polícia, Marlon foi reconhecido pelos policiais do Denarc durante cumprimento de um mandado de busca e apreensão expedido para uma casa situada na rua 100, beco 3, bairro Bela Vista, em Timon.

Foi constatado que havia, em desfavor de Marlon de Carvalho, dois mandados de prisão em aberto, sendo um deles pela prática de homicídio qualificado, expedido pela comarca de Paço do Lumiar, na Região Metropolitana de São Luís. O outro mandado foi expedido pela Comarca de São Luís.

Marlon chegou a ser preso no ano de 2014, acusado de ter participado de incêndios em série a ônibus que ocorreram na capital maranhense, naquele ano. Os atentados foram ordenados por facção criminosa, da qual Marlon é integrante, que atua nos Estados do Maranhão e Piauí.

Saiba mais:

Suspeitos de integrar bando que está incendiando ônibus na capital são presos

Identificado detento que ordenou ações criminosas em São Luís

Marlon de Carvalho França disse à polícia ter chegado em Timon há, aproximadamente, dois meses, pois sabia da existência dos mandados de prisão contra ele.

Após os procedimentos de praxe Marlon de Carvalho França foi encaminhado para o Sistema Penitenciário do Maranhão, onde ficará à disposição do Poder Judiciário.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.