Timon

Governo Federal reconhece situação de emergência no município de Timon

Com a medida, a prefeitura pode solicitar o apoio da Defesa Civil Nacional.
Imirante.com, com informações de assessoria28/04/2017 às 14h30

BRASÍLIA - O Ministério da Integração Nacional reconheceu nesta sexta-feira (28) a situação de emergência do município de Timon, distante 450 quilômetros de São Luís, no Leste Maranhense. o reconhecimento foi em decorrência de enxurradas. A medida irá permitir que a prefeitura solicite o apoio do Governo Federal para ações de socorro, assistência, restabelecimento de serviços essenciais e recuperação das áreas danificadas. A portaria foi publicada no Diário Oficial da União de hoje.

Outros município tiveram a situação de emergência reconhecida.

Os reconhecimentos federais são decorrentes da estiagem em Andaraí, Guajeru e Quijingue, na Bahia; Claro dos Poções, Cônego Marinho e Lagoa dos Patos, em Minas Gerais; e do extenso período de seca em Porto da Folha, em Sergipe. A medida também foi concedida aos municípios de Santa Rita do Araguaia, em Goiás; Glória D´Oeste e São José dos Quatro Marcos, no Mato Grosso; e Giruá, no Rio Grande do Sul, que sofrem os efeitos das chuvas intensas. Além de contemplar as cidades de Timon, no Maranhão; Machacalis, em Minas Gerais; Loanda, no Paraná; e São Borja, no Rio Grande do Sul, atingidas por enxurradas.

Auxílio emergencial - Para obter o apoio financeiro disponibilizado pela Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec), do Ministério da Integração Nacional, os municípios devem apresentar o Plano Detalhado de Resposta (PDR), contendo um diagnóstico dos danos causados pelo desastre, por meio do Sistema Integrado de Informações sobre Desastres (S2ID). Após a análise, se aprovado, o recurso é definido e liberado.
O auxílio federal é complementar às ações dos estados e municípios.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.