Solidariedade

Super-heróis invadem São Luís e recrutam doadores de sangue

A ação criativa é realizada por estudantes em celebração ao Dia Mundial do Doador de Sangue (14) e incentiva motoristas a doarem 15 minutos e salvarem quatro vidas.
Divulgação / Assessoria10/06/2021 às 14h11
Super-heróis invadem São Luís e recrutam doadores de sangueO posto de coleta móvel do Hemomar funciona durante todo o dia no estacionamento da escola recebendo os doadores. ( Foto; Marcelo Camargo/Agência Brasil)

SÃO LUÍS - Na segunda-feira (14), estudantes vestidos de super-heróis irão abordar motoristas pedindo ajuda para que salvem vidas imediatamente. A ideia é que eles sejam incentivados a praticar a doação de sangue, o que os torna também super-heróis para quatro pessoas, já que o sangue é elemento insubstituível em diversos tratamentos médicos.

Toda vez que o semáforo fecha, os super-heróis aparecem, enquanto os outros estudantes conversam com os motoristas e entregam materiais informativos sobre a necessidade urgente de doadores. Quem aceitar doar, recebe uma carteirinha de super-herói, afinal quatro pessoas que ele nem conhece acabam de receber a chance de viver.

O posto de coleta móvel do Hemomar funciona durante todo o dia no estacionamento da escola recebendo os doadores. Já aceitaram a “missão" os próprios estudantes, os que têm acima de 16 anos, os pais, amigos e também professores. Ao todo, mais de 1500 estudantes estão envolvidos - quem não pode doar, pode compartilhar informações e fazer com que mais pessoas ajudem.

“Trabalhamos com os pais a importância do exemplo, sobre a oportunidade de praticar este ato de humanidade junto com o filho, um ensinamento que certamente vai perdurar e teremos mais doadores”, explica Raul Souza, um dos professores que coordenam a iniciativa.

Valma Costa, coordenadora da coleta externa do Hemomar, salienta que esta é uma iniciativa que tem efeitos muito importantes no futuro, já que o ensino da solidariedade torna as crianças e adolescentes doadores em potencial.

Missão na emergência

Desde o início da pandemia o Hemomar enfrenta dificuldades para manter o abastecimento do banco de sangue que atende os maiores hospitais. O isolamento social e a desinformação sobre as regras para doar após contaminação ou mesmo vacina são os maiores impedimentos.

A captação tem sido feita em igrejas e empresas, mas com bastante dificuldade. Para ter segurança, o Hemomar deveria receber cerca de 250 doações por dia, mas há dias que não alcançam nem 100 doações.

Ação: Campanha de doação de sangue e orientação

Local: Colégio Adventista de São Luis

Avenida Daniel de La Touche, 51 (próximo ao Shopping da Ilha)

Data: 14/06 (segunda-feira)

Horário: das 8h às 17h.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.