História de Gênero

Oficinas Medievais: o feminino conectando a Idade Média aos dias atuais

O evento vai discutir as relações entre mulheres e homens ao longo do tempo.
Divulgação/Uema29/08/2019 às 17h17
Oficinas Medievais: o feminino conectando a Idade Média aos dias atuaisFoto: Divulgação

SÃO LUÍS – Nesta sexta-feira (30), será realizada a segunda sessão das Oficinas Medievais: Memória e Resistência, contemplando a temática da História de Gênero.

O evento, intitulado Oficinas Medievais: entre dois mundos – o feminino conectando a Idade Média aos dias atuais, vai discutir as relações entre mulheres e homens ao longo do tempo.

Na oficina, realizada pelas ministrantes Prof. Mestre Camila Rabelo e a Prof. Mestranda Claudienne Ferreira, será trabalhada a visão sobre a mulher na Crônica de D. João I, obra biográfica sobre o rei português conhecido como o primeiro monarca da Casa de Avis e escrita por Fernão Lopes, renomado escrivão e cronista oficial do reino de Portugal. As pesquisadoras farão um paralelo com o contramodelo de Rainha no Portugal do século XIV, no caso, D. Leonor Teles, vista como uma rainha má, próxima da figura de Eva.

Também nesse dia, as pesquisadoras Andreia Karine Duarte, Renata de Jesus Mendes e Emanuelle Lear Bonfim trarão um debate sobre o feminino no teatro de Gil Vicente, considerado o primeiro grande dramaturgo português, utilizando particularmente as personagens Inês Pereira e as freiras Domicila e Dorósia, seus comportamentos um tanto desaprovados pela sociedade da época, e suas estratégias para burlar regras. Nessa atividade, as ministrantes buscarão desmistificar estereótipos de passividade feminina e a sua busca por lutar contra as amarras de uma sociedade patriarcal.

As oficinas do dia 30 falam de uma divisão da mulher entre as imagens de Maria e Eva e a sua relação com o masculino. Este tema é muito atual e o objetivo é, através da Idade Média, fazer uma conexão com a nossa sociedade nos dias atuais.

As inscrições se encontram abertas e podem ser feitas no local. As oficinas desta sexta começam às 14 horas, no Auditório do Curso de História da UEMA, localizado na rua da Estrela, no Centro de São Luís. A atividade dá direito a certificado de participação e é aberta à comunidade.

Mais informações pelo site: https://oficinasbrathair.wixsite.com/meusite


Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.