Paginas da História

Exposição 'Páginas da História' inicia nesta segunda-feira

Divulgação/TRT-MA24/03/2014 às 12h15

SÃO LUÍS - A Diretoria do Foro Astolfo Serra e o Centro de Memória e Cultura da Justiça do Trabalho do Maranhão (Cemoc) realizam, no período de 24 a 28 de março deste ano, a exposição “Páginas da História”, uma das atividades das comemorações dos 25 anos de instalação da Justiça do Trabalho do Maranhão. A exposição conta com uma mostra das publicações do Tribunal Regional do Trabalho da 16ª Região (TRT-MA) que inclui revistas, jornais institucionais e livros.

Os visitantes poderão adquirir gratuitamente exemplares da Revista do Tribunal, que estarão em exposição. Segundo o diretor do FAS e juiz titular da 7ª Vara do Trabalho de São Luís, Paulo Mont’Alverne Frota, um dos objetivos da exposição é compartilhar o conhecimento que foi produzido por magistrados e juristas. “Há muitos textos de valor histórico que servem de referência para novas reflexões sobre o mundo do trabalho, como também há textos atualizadissímos que podem subsidiar os debates atuais sobre o Direito do Trabalho”, destacou.

A chefe do Cemoc, Edvânia Kátia, explica que o Centro de Memória tem realizado o levantamento de peças e documentos históricos com o objetivo de preservar a memória institucional da Justiça do Trabalho do Maranhão. “Já foram catalogadas as publicações produzidas pelo TRT do Maranhão. Essas publicações são documentos vivos de nossa história”, disse.

Uma das peças em exposição é o livro “Justiça do Trabalho – Evolução Histórica e Perspectivas”, publicado por ocasião dos dez anos de instalação do TRT-MA, organizado pela ministra Kátia Magalhães Arruda e que contém artigos, fatos e documentos históricos, incluindo a cronologia desde a criação do Tribunal Regional do Trabalho do Maranhão, em 1989. Outros documentos de grande valor histórico são duas revistas institucionais referentes aos 15 anos e aos 18 anos de instalação do Tribunal. Além disso, há exemplares do informativo institucional “Parágrafo Único”, iniciado em 1994, e do jornal jurídico “Questão de Justiça”, ambos produzidos pela Seção de Comunicação Social da instituição.

Exposições

O Centro de Memória e Cultura da Justiça do Trabalho do Maranhão realiza mensalmente exposições artísticas e permanentes no Espaço de Artes. No ano passado, o Cemoc atendeu 2.309 pessoas. Destas, 821 visitaram os espaços de exposições.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.