Combate ao mosquito

Prefeitura realiza Dia D da Semana de Combate ao Aedes aegypti nesta sexta-feira (30)

Serão diversas atividades pela cidade visando à eliminação de focos do mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya.
Imirante.com, com informações da Prefeitura29/11/2018 às 12h56
Prefeitura realiza Dia D da Semana de Combate ao <i>Aedes aegypti</i> nesta sexta-feira (30)Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, apontam que este ano foram registrados cerca de 500 casos da doença. (Foto: Divulgação)

SÃO LUÍS - A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), está realizando a Semana Nacional de Combate ao Aedes aegypti, com diversas atividades pela cidade visando à eliminação de focos do mosquito transmissor das arboviroses (dengue, zika e chikungunya). Nesta sexta-feira (30), será realizado o Dia D, com ações realizadas pela Prefeitura na Unidade de Educação Básica (U.E.B.) José Ribamar Bogéa, na Cidade Olímpica.

Leia também:

Começa hoje Semana Nacional de Combate ao Aedes aegypti

Mosquito Aedes Aegypti coloca visão das pessoas em risco

Uma corrida com participação dos agentes de combate às endemias abre a programação do Dia D de combate ao mosquito na Cidade Olímpica, às 8h e se estenderá até às 12h no interior da U.E.B. José Ribamar Bogéa. Serão oferecidas gratuitamente vacinação animal e humana e atendimento para medição de pressão arterial e glicemia, avaliação nutricional e consulta em clínica médica.

Dentro das atividades que ocorrerão unidade da rede escolar estão previstas palestra com participação do Cidadão Limpeza, personagem símbolo da campanha de limpeza da Prefeitura de São Luís. Na palestra será abordada a necessidade de reforçar permanentemente a política de gestão dos resíduos sólidos implantada pelo prefeito Edivaldo. Ainda como parte da programação, o Comitê Gestor de Limpeza Urbana intensifica as ações de limpeza com mais um Bota Fora de porta a porta em todas ruas e em pontos onde seja identificado descarte irregular de resíduos sólidos na Cidade Olímpica.

Prova de que as ações têm dado certo é a redução do número de casos da dengue na capital que, de acordo com dados da Secretaria Municipal de Saúde, apontam que este ano foram registrados cerca de 500 casos da doença, de janeiro a outubro contra cerca de 960 no mesmo período do ano passado, o que significa uma redução em torno de 52%.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2018 - Todos os direitos reservados.