Mulheres Cientistas

Aberta votação para escolha do vencedor do Prêmio Fapema na categoria PopVídeo

Cinco trabalhos são finalistas na categoria.
Divulgação / Fapema20/11/2021 às 09h50
Aberta votação para escolha do vencedor do Prêmio Fapema na categoria PopVídeoVotação ocorre pela internet. (Foto: Divulgação / Fapema)

SÃO LUÍS - A Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (Fapema) abriu, nesta sexta-feira (19), a votação para escolha do vencedor do Prêmio Fapema 2021: Mulheres Cientistas do Maranhão, na categoria PopVídeo Ciência.

Cinco trabalhos são finalistas na categoria. Na escolha dos vídeos finalistas, feita por um Comitê de Julgamento formado por consultores ad hoc de instituições de ensino de fora do Estado, foi levado em consideração a originalidade e habilidade do candidato para transmitir e divulgar a pesquisa em forma de conhecimento científico por meio de comunicação oral, concisa, clara e objetiva. Os vídeos e a votação estão disponíveis no endereço https://www.fapema.br/premio-popvideo-ciencias-2021/.

“No próximo dia 2 subirão ao palco do Teatro Arthur Azevedo 52 pesquisadores vencedores em nove categorias e de diferentes áreas do conhecimento. Concorrem na categoria PopVídeo Ciência estudantes do ensino médio ou técnico, graduação, mestrado e doutorado vinculados a Instituições de Ensino sediadas no Maranhão. A votação é uma forma de envolver a sociedade no processo de escolha dos melhores trabalhos. Todos estão convidados a participar da votação”, afirma o diretor-presidente da Fapema André Santos. Ele destaca, ainda, que o Prêmio Fapema é a maior premiação cientista do Norte-Nordeste e tem como objetivo incentivar e reconhecer a produção cientifica no Estado. Neste ano, o Governo do Estado está investindo R$ 216 mil em prêmio para os vencedores.

Finalistas

São finalistas na categoria PopVídeo Ana Melissa de Moraes Câmara, Jéssica Pereira Souza, Luila Silva Lima, Thauana Oliveira e Victor Roberto Ribeiro Reis. Os três primeiros colocados serão conhecidos no dia 2 de dezembro, na cerimônia do Prêmio que acontecerá no Teatro Artur Azevedo e receberão premiação em dinheiro e troféu.

Ana Melissa Câmara, estudante do curso de Licenciatura e Ciências Agrárias do Instituto Federal do Maranhão (IFMA), campos Maracanã, São Luís; concorre com o trabalho Influência da Densidade de Estocagem no crescimento e na sobrevivência da ostra nativa Crassostrea Gasar na região estuarina do município de Bequimão, Maranhão. A pesquisa tem a orientação da professora doutora Izabel Funo.

Jéssica Pereira Souza, graduada em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) desenvolveu a pesquisa Ecologia Alimentar do robalo (Centropomus Undecimalis) na região costeira do Maranhão. Seu trabalho tem a orientação da professora doutora Zafira Almeida.

Luila Silva Lima concorre ao prêmio com o trabalho a personagem feminina em Aluísio Azevedo. Acadêmica do curso de Letras da Universidade Estadual do Maranhão (Uema), Luila Lima, analisa em sua pesquisa, que tem a orientação do professor doutor Emanoel Cesar, as personagens femininas das obras O Mulato (1881), O homem (1887), O cortiço (1890) e A Mortalha de Alzira (1894), com orientação do professor Emanoel César Pires de Assis.

Thauana Oliveira Rabelo, formada em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA) concorre com o vídeo Plantas que curam: importância cultural do conhecimento dos benzedores de Anajatuba, Maranhão. O trabalho de pesquisa foi orientado pelo professor doutor Eduardo Bezerra de Almeida Júnior.

Victor Roberto Ribeiro Reis é finalista com o vídeo que apresenta o trabalho de pesquisa Variáveis edáficas associadas à produtividade do milho e ao uso da terra em solos frágeis da Amazônia Maranhense. Victor Reis é mestre em Agricultura e Ambiente da UEMA. Seu trabalho teve a orientação do professor doutor Emanoel Gomes de Moura.

Mais sobre o Prêmio

Em sua 16ª edição, o Prêmio Fapema deste ano está divido em nove categorias: Pesquisador Júnior, Jovem Cientista, Dissertação de Mestrado, Tese de Doutorado, Pesquisador Sênior, Jornalismo Científico, Inovação Tecnológica, Popvídeo Ciências e Prêmio Homenagem Especial Fapema.

O Prêmio Fapema tem como tema “Mulheres Cientistas do Maranhão” e homenageia três pesquisadoras que atuam no estado: Ana Angélica Macêdo do IFMA, Luciane Brito (em memória) da UFMA e Zafira de Almeida da Uema. Os nomes foram escolhidos pela comunidade acadêmica e pela sociedade em uma consulta popular.

Profissionais que tenham se destacado pela realização de obra científica, tecnológica ou inovadora, de reconhecido valor para o progresso da ciência, receberão troféu, certificado e prêmio em dinheiro).

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.