Outubro Rosa HSD

Atividade Física tem impacto na prevenção e tratamento do câncer de mama

Os exercícios aumentam a força muscular e a capacidade funcional.
Publipost / Hospital São Domingos30/10/2021 às 07h00
Atividade Física tem impacto na prevenção e tratamento do câncer de mamaAtividade Física tem impacto na prevenção e tratamento do câncer de mama. (Foto: Divulgação)

SÃO LUÍS - Até pouco tempo atrás, acreditava-se que fazer atividades físicas poderia piorar o quadro de saúde de pessoas que sobreviveram ao câncer de mama. Contudo, segundo o médico oncologista do Hospital São Domingos, Dr. Klayton Ribeiro, estudos recentes têm apontando os benefícios da prática de exercícios no tratamento do câncer de mama.

“Exercícios físicos regulares antes e depois da quimioterapia aumentam as chances de sobrevivência de mulheres com câncer de mama. A prática de atividade física pelo menos três vezes por semana é uma excelente ferramenta para restaurar e melhorar o bem-estar físico durante o tratamento do câncer de mama”, esclarece o médico.

Os exercícios aumentam a força muscular e a capacidade funcional, além de auxiliar no controle do peso, reduzir os sintomas de fadiga, melhora da autoestima e da qualidade de vida do paciente.

A médica mastologista do Hospital São Domingos, Dra. Ana Gabriela Caldas, explica que 12% dos casos de câncer de mama são atribuíveis à falta de atividade física, e recomenda pelo menos 150 minutos de atividade física por semana, para auxiliar na prevenção da doença.

“A atividade física influencia, não apenas no bem-estar, mas também na preservação da saúde, os exercícios contribuem para o equilíbrio do metabolismo e reduz o surgimento de doenças crônicas, como hipertensão e diabetes. Dessa forma, o exercício é um aliado em todas as fases da vida. Exercícios moderados pelo menos três vezes por semana é uma boa forma de começar”, completa a médica.

Corpo em movimento

Assim como existem fatores que podem ser prevenidos, existem os fatores não modificáveis, como ser do sexo feminino, a idade, menarca e história familiar. Diante disso, as mulheres precisam adotar medidas preventivas no dia a dia para diminuir esse risco de desenvolver a doença.

“Atividade física não deve ser considerada como uma obrigação. Ela precisa ser prazerosa para que seja realizada com regularidade e para que a pessoa tenha comprometimento com o exercício”, destaca a médica mastologista do HSD.

Hospital São Domingos e o Esporte

O apoio ao esporte é uma das formas de o Hospital São Domingos contribuir para a prevenção de doenças e maior qualidade de vida da população. Desde 2017, a Corrida Outubro Rosa faz parte ações da campanha, como incentivo à prevenção do câncer de mama.

“Além de promover a saúde e o bem-estar, a prática de atividade física melhora o metabolismo de alguns hormônios relacionados com o câncer de mama, o que pode evitar e até melhorar o quadro de uma paciente com a doença”, comenta o médico oncologista do HSD.

A 5ª edição do evento será, pelo segundo ano consecutivo, virtual, entre os dias 29 e 31 de outubro.

Nesse intervalo, os participantes deverão escolher o horário e o local para cumprir o percurso de 5 km, na modalidade corrida ou caminhada. Será preciso registrar a execução da prova com o auxílio de relógio, esteira ou aplicativos de celular.

Ao final, os participantes deverão tirar um print ou o relatório do sistema usado para o registro do percurso, e enviar para o whastapp da Crono Esportes, organizadora do evento, no número (98) 98875-5020, para validação da sua participação na corrida.

Leia mais: www.hospitalsaodomingos.com.br

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.