Sala de aula

Aulas 100% presenciais são retomadas na rede estadual de ensino do Maranhão

Conforme o cronograma, o retorno teve início pelas turmas das terceiras séries do Ensino Médio, nessa quarta-feira (6).
Imirante.com07/10/2021 às 11h02
Aulas 100% presenciais são retomadas na rede estadual de ensino do MaranhãoSecretário Felipe Camarão durante coletiva de imprensa. (Foto: Adriano Soares / Imirante.com)

SÃO LUÍS – O secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão, em coletiva de imprensa realizada nesta quinta-feira (7), detalhou o processo de retomada das aulas 100% presenciais do Ensino Médio na rede estadual de ensino do Maranhão. A volta às aulas presenciais na rede estadual foram anunciadas nessa quarta-feira (6).

Leia também:

Maranhão registra duas mortes e 218 casos confirmados de Covid-19 nas últimas 24 horas

São José de Ribamar é a cidade mais populosa a zerar mortes por Covid-19 em setembro​

De acordo com o secretário, as atividades só serão retomadas naquelas escolas com condições adequadas para receberem os cerca de 320 mil estudantes.

“Quero ressaltar que esta é uma decisão da rede pública estadual. Ou seja, os municípios continuam com as suas autonomias de cada prefeitura, de cada secretaria municipal decidir a forma do seu retorno. Nós já temos um levantamento de muitos municípios que voltaram no formato híbrido seguindo, até então, orientação do governo do Estado do Maranhão, e outras prefeituras que já tinham voltado 100% presencial. Nós, a partir de agora, autorizamos o retorno 100% presencial nas escolas da rede pública estadual”, disse Felipe Camarão.

Como vai funcionar

Conforme o cronograma, o retorno teve início pelas turmas das terceiras séries do Ensino Médio, nessa quarta-feira (6), seguido pelos estudantes da 2ª série do Ensino Médio, que retornarão a partir do dia 13 (quarta-feira). Já a partir do dia 18 (segunda-feira), retornam presencialmente as primeiras séries do Ensino Médio e demais anos ofertados pela rede estadual.

"Hoje, nós temos absoluta garantia que cerca de 90% das escolas da rede estadual tem plenas condições para o retorno 100% presencial das nossas comunidades escolares", afirmou Camarão.

Ainda segundo o secretário, também está autorizada a realização de atividades e práticas do componente curricular de Educação Física, que antes estavam limitadas ao espaço da sala de aula, eventos culturais, entre outros atos semelhantes nas escolas estaduais.

“Os protocolos de biossegurança serão obedecidos, evidentemente, com exceção do distanciamento. As salas que comportarem os estudantes vão poder ser utilizadas. Nós ainda exigiremos o uso de máscaras, e o protocolo se alguma escola, eventualmente, ter algum caso positivado terão as suas aulas suspensas pelo período de praxe do nosso decreto”, explicou o secretário.

Durante a coletiva, Felipe Camarão também informou que a razão pela liberação de 100% de presencialidade na rede estadual de ensino foi, em primeiro lugar, do parecer das autoridades sanitárias no sentido de que já é seguro falar em retorno presencial das aulas, em razão do avanço da vacinação dos profissionais da educação. “Nós já alcançamos mais de 90% da rede pública estadual já imunizada, inclusive com a 2ª dose. Muito até, em razão da faixa etária, já estão com a 3ª dose aplicada”, informou.

O titular da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) disse que o principal fator para o retorno presencial das atividades foram os dados recentes divulgados pela pasta, no que dizem respeito a diminuição do número de casos confirmados de Covid-19, diminuição no número de pessoas internadas e de óbitos no Maranhão.

“Nós avançamos muito na vacinação dos adolescentes que são nossa faixa etária de prioridade, ou seja, acima de 14 anos, que estudam no 1º ano. Pelo nosso levantamento mais da metade dos jovens foram vacinados e isso, sem falar na defasagem da informação de números”, pontuou o secretário.

Coronavírus no Maranhão

De acordo com o mais recente boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde (SES), divulgado na noite dessa quarta-feira, o Maranhão tem 10.189 mortes e 357.319 casos confirmados de Covid-19. Segundo a SES, foram contabilizados dois óbitos e 218 pessoas infectadas pelo coronavírus nas últimas 24 horas no Estado, sendo 21 na Grande Ilha de São Luís, sete em Imperatriz e 190 nos demais municípios. A taxa de letalidade da doença no Maranhão, por sua vez, está em 2,85%.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.