Análise

Vacinação contra Covid-19 e o embate entre Governo e Prefeitura

Nas redes sociais, o secretário Carlos Lula, da Secretaria de Estado da Saúde (SES), criticou a gestão municipal ao publicar um vídeo de um morador de Paço do Lumiar reclamando por não haver conseguido tomar sua 2ª dose na capital
Ronaldo Rocha09/09/2021 às 17h04
Vacinação contra Covid-19 e o embate entre Governo e PrefeituraFoto: divulgação

Vacinação tem mais um (desnecessário) embate entre Governo e Prefeitura em SL

A vacinação contra a Covid-19 em São Luís provocou mais um desnecessário embate entre Governo do Estado e Prefeitura nesta quinta-feira, 9.

Nas redes sociais, o secretário Carlos Lula, da Secretaria de Estado da Saúde (SES), criticou a gestão municipal ao publicar um vídeo de um morador de Paço do Lumiar reclamando por não haver conseguido tomar sua 2ª dose na capital.

“O SUS é universal. É muita pequeneza política e mesquinhez isso aqui acontecer. Além de ilegal”, disse.

O morador vacinou-se em um dos arraiais da vacinação do Estado.

Em resposta, a Secretaria Municipal de Saúde (Semus) de São Luís divulgou um documento, para mostrar que já estava ciente dessa demanda e que, no início da semana, solicitou ao governo o repasse de doses para concluir a imunização mesmo de moradores de outras cidades da Ilha que se dirigissem à capital.

Em meio à troca de acusações e versões, o povo. Que segue penalizado.

Talvez isso explique o fato de o Maranhão estar em 24º – num ranking de 26 estados, mais o Distrito Federal – no quesito vacinação contra o novo coronavírus.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.