Balneabilidade

Veja os trechos impróprios para banho nas praias de São Luís

Nove pontos que estavam impróprios na semana passada permanecem com condições inadequadas de balneabilidade.
Imirante.com, com informações da Sema14/01/2021 às 07h29
Veja os trechos impróprios para banho nas praias de São LuísForam analisados ao todo 22 trechos analisados em praias da orla de São Luís e Região Metropolitana. ( Foto: Paulo Soares / O Estado)

SÃO LUÍS - O laudo sobre as condições das praias de São Luís foi divulgado nessa quarta-feira (13) pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema). Os mesmos nove trechos que estavam impróprios na semana passada permanecem com condições inadequadas de balneabilidade.

Veja o laudo

As praias com pontos impróprios para banho são da Ponta d'Areia, Calhau, São Marcos e Olho-d'Água. O relatório refere-se à ação de monitoramento realizada no período de 14 de dezembro de 2020 a 11 de janeiro de 2021 e considera praias localizadas nos municípios de São Luís, Raposa, São José de Ribamar e Raposa.

Foram analisados ao todo 22 trechos analisados em praias da orla de São Luís e Região Metropolitana. Veja os trechos impróprios:

Praia Ponta d’Areia - Em frente ao Centro de Atendimento ao Banhista na Praça do Sol

Praia de São Marcos - Em frente Praça do Pescador, próximo a Barraca do Chef I

Praia de São Marcos - Em frente ao Posto Guarda Vidas - Bombeiros

Praia de São Marcos - Em frente ao prédio verde com o Heliporto

Praia de São Marcos - Em frente à Banca de Jornal da Praça de alimentação da Litorânea

Praia do Calhau - Em frente à Estação Elevatória de Esgoto 2.2 (E.E.E 2.2) da CAEMA e Círculo Militar

Praia do Olho-d'Água - Em frente à descida da rua São Geraldo

Praia do Olho-d'Água - Á direita da Elevatória Iemanjá II

Praia do Olho-d'Água - Em frente à casa com pirâmides no teto, antes da falésia

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.