Crimes contra políticos

Maranhão é um dos Estados do Brasil com mais casos de violência contra políticos

Estudo feito entre 2016 e 2020 mapeou 327 casos de violência contra políticos no Brasil.
Neto Cordeiro/Imirante.com*26/10/2020 às 08h03

SÃO LUÍS – O Maranhão aparece entre os Estados do Brasil com maior número de casos de violência contra políticos. O estudo foi realizado pelas organizações não-governamentais Terra de Direitos e Justiça Global e compreende o período de janeiro de 2016 a 1º de setembro de 2020.

Mostrada nesse domingo (25), pelo Fantástico, na TV Globo, a pesquisa aponta que foram mapeados em todo o país 327 casos de violência contra políticos eleitos, candidatos e pré-candidatos, entre ameaças, agressões e ofensas.

Um dado alarmante é que chega a 125 o total de assassinatos e atentados contra políticos em 24 Estados do Brasil. Este tipo de crime contra políticos triplicou de 2016 para 2019.

Assista aqui à reportagem do Fantástico

Cenário no Maranhão

O Imirante.com teve acesso à pesquisa, que traz dados mais específicos sobre os Estados. O Maranhão é um dos Estados da federação com maior número de ocorrência de violência contra representantes políticos eleitos, candidatos ou pré-candidatos.

Do total de 55 atentados ou assassinatos contra políticos no Nordeste, 11 foram no Maranhão. O número é igual ao do Estado do Ceará. No panorama geral, o Maranhão só fica atrás do Rio de Janeiro. Veja o mapa:

Arte: Reprodução/Terra de Direitos e Justiça Global.

Segundo o estudo, “83% dos atentados e assassinatos aconteceram em cidades do interior dos Estados”. Quando se verifica as localidades onde foi registrado mais de um crime dessa natureza, o Maranhão também se destaca na estatística, com Governador Nunes Freire.

Arte: Reprodução/Terra de Direitos e Justiça Global.

Em 2017, o vereador de Governador Nunes Freire Antônio Kledison Rodrigues Costa (PPS) foi morto a facadas. Um ano antes, vereador da mesma cidade, Esmilton Pereira dos Santos foi executado a tiros.

Dois vereadores de Governador Nunes Freire foram assassinados em 2016 e 2017. Arte: Imirante.com

*Com informações da TV Globo

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.