Em São Luís

Preso agente penitenciário temporário suspeito de tráfico de drogas dentro de presídio

De acordo com informações da polícia, as investigações indicam que o agente temporário se associou a um detento do sistema prisional conhecido por ser uma das lideranças de uma facção criminosa.
Imirante.com, com informações da Polícia Civil30/07/2020 às 17h44
Preso agente penitenciário temporário suspeito de tráfico de drogas dentro de presídioAinda segundo a Polícia Civil, após a droga ser recebida dentro do complexo penitenciário, a substancia era vendida para os demais internos. ( Foto: Reprodução/TV Mirante)

SÃO LUÍS - A Polícia Civil do Maranhão deu cumprimento, na manhã desta quinta-feira (30), a um mandado de prisão preventiva contra um agente penitenciário temporário, 51 anos de idade, por suspeita de tráfico de drogas dentro de uma unidade do Sistema Penitenciário do Maranhão, em São Luís.

De acordo com informações da polícia, as investigações indicam que o agente temporário se associou a um detento, de 26 anos, do sistema prisional conhecido por ser uma das lideranças de uma facção criminosa com atuação no Estado do Maranhão e, utilizando-se das facilidades do cargo que ocupa, passou a inserir substâncias ilícitas (maconha) na unidade prisional.

Ainda segundo a Polícia Civil, após a droga ser recebida dentro do complexo penitenciário, a substancia era vendida para os demais internos gerando vultuosos lucros para o detento.

Segundo o apurado o agente penitenciário passou a receber de pessoas, a mando do investigado do detento, quantias em dinheiro e promessas de recebimento de bens como armas de fogo para a prática de tal conduta.

Foi dado cumprimento, ainda, a um mandado de busca e apreensão no endereço do agente penitenciário temporário onde foram apreendidos alguns aparelhos celulares utilizados nos crimes investigados pela Polícia Civil.

A polícia informa que até o momento o agente temporário cometeu indícios da prática dos crimes de Tráfico e Associação para o Tráfico de Drogas (art. 33 e 35, lei 11.343/06) e Corrupção Passiva (art. 317, CP) entretanto as investigações continuam para identificar outros integrantes do grupo criminoso.

Após a realização das formalidades legais o agente penitenciário temporário foi submetido a exame de corpo de delito e encaminhado ao Centro de Triagem de São Luís, onde permanecerá a disposição da justiça.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.