Criminalidade

Suspeito de latrocínio em São Luís é preso em Manaus

Segundo a polícia, o crime aconteceu no dia cinco de fevereiro deste ano, no bairro Vila Isabel, região da Cohab, em São Luís.
Imirante.com, com informações da Polícia Civil23/06/2020 às 10h51

MANAUS – Uma operação conjunta entre as polícias civis do Maranhão e Amazonas, conseguiu prender um homem, suspeito de latrocínio praticado em São Luís. O mandado de prisão foi cumprido na capital amazonense.

Segundo a polícia, o suspeito é apontado como autor da morte de Wenyson Fernandes Miranda, conhecido como ‘Xexeu’, de 33 anos. O crime aconteceu no dia cinco de fevereiro deste ano, na casa da vítima, localizada na rua Nossa Senhora de Guadalupe, na Vila Isabel Cafeteria, na região da Cohab, em São Luís

Ainda de acordo com a polícia, a vítima sofreu diversas lesões no corpo, que o levaram a morte, além de ter tido vários de seus objetos pessoais roubados.

O crime chocou a população, pois a vítima era, segundo a polícia, uma pessoa bastante conhecida no meio artístico. Logo após o crime, o suspeito fugiu para a cidade de Manaus, onde foi preso.

Entenda o caso

O corpo da vítima, conhecida como 'Xexéu', foi encontrado por familiares, que estavam desde o dia três de fevereiro sem receber notícias do dançarino.

Chegando na casa da vítima, a família de Wenyson Fernandes o encontrou morto. O dançarino estava com o pescoço amarrado e com uma lesão na cabeça, que pode ter sido causada por martelo, pedaço de madeira ou outro objeto similar.

Segundo a polícia houve luta corporal entre a vítima e o autor do crime, pois a casa estava bagunçada. Além disso, os parentes do dançarino afirmaram que estava faltando alguns objetos de valor e a quantia de R$ 800, que podem ter sido levados pelo assassino.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.