Associação criminosa

Prestador de serviço de empresa de logística é preso em São Luís

Segundo as investigações, ele se valia do cargo para repassar informações privilegiadas a uma associação criminosa de roubo de cargas.
Imirante.com, com informações da Polícia Civil23/05/2020 às 12h27

SÃO LUÍS – Nessa sexta-feira (22), a Polícia Civil do Maranhão prendeu um homem de 43 anos, no interior da empresa Fedex. Segundo as investigações, ele era prestador de serviço na empresa e se valia do cargo para repassar informações privilegiadas a uma associação criminosa de roubo de cargas.

Saiba mais:

Presos acusados de integrarem grupo de assaltantes de carga

Preso suspeito de receptação e envolvimento com quadrilha de roubo à carga

Polícia prende mais um suspeito de roubo de cargas em São Luís

Ainda nessa sexta, a polícia cumpriu mais dois mandados de prisão preventiva em desfavor de um homem de 34 anos e de uma mulher de 30 anos, ambos comparsas do prestador de serviço da Fedex que foi preso.

Consta nas investigações que o trio é suspeito de integrar uma associação criminosa, que praticou mais 30 roubos contra a empresa de logística Fedex, ao longo de pouco mais de dois anos, causando a empresa prejuízos superiores a R$ 1 milhão.

De acordo com a polícia, o homem de 34 anos estava preso no presídio São Luís e tinha a função de receptador na associação criminosa, esse foi o segundo mandado de prisão cumprido contra ele.

Quanto a mulher de 30 anos, ela também já estava presa no Presídio São Luís, sendo que sua função na associação era emprestar sua residência para o transbordo das cargas roubadas.

Com os três mandados de prisão cumpridos, a Polícia Civil do Maranhão dá por encerrada a Operação Entrega Certa, tendo como balanço final 15 investigados presos e 18 mandados de prisão cumpridos contra integrantes de associação criminosa, a qual foi totalmente desmantelada.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.